Arquivo de SMRB

Seu Mundo na RedBox: Fase 3

Posted in Notícia, promoção with tags , , , , on Julho 2, 2012 by rsemente

Hoje saiu os candidatos da fase 3 do concurso de cenário para o RPG Old Dragon da redbox, e de 110 hoje temos apenas 13 candidatos.

Os treze cenários estão disponíveis na pagina:

 http://redboxeditora.com.br/concurso-smrb/

Mas a votação ainda não está aberta, e como fiz na edição passada resenharei todos os treze candidatos!

Ah, meu cenário é o CEN-088 GRANDES GUARDIÕES !

Vamos em busca do melhor!

EDIT: A votação já está aberta!

SMRB Fase 2: CEN-109 Novo Mundo

Posted in cenário, resenhas with tags , on Maio 25, 2012 by rsemente

Bem demorou 18 dias, quase não sobrou tempo dentro dos 21 dias de votação dessa segunda fase, mas ninguém nuca disse que seria fácil. Felizmente tive algum retorno dos próprios autores agradecendo a resenha, explicando alguns pontos que ficaram estranhos, e acredito que meus comentários possam ter levado os autores a perceber algum ponto forte ou fraco dos próprios cenário.

Infelizmente não tive este mesmo retorno dos outros autores, falando um pouco sobre o meu cenário (CEN-088 Grandes Guardiões) nos comentários, mas espero passar para a próxima fase e assim mostrar mais detalhes do mesmo.

Agora sem mais delongas, vamos ao ultimo cenário.

Veja o texto completo no site do concurso, compare com os outros cenário e vote aqui.

E veja as outras resenhas aqui.

CEN-109 Novo Mundo

Resumo: 4 reinos destroçados pela guerra. A descoberta de um continente repleto de mistérios. Uma disputa por mares, selvas e ruínas pela vitória!

Pela resenha ele é muito parecido com outros cenários, com seu novo mundo e viagens marítimas, com a possível adição de que quatro reinos do velho mundo guerreiam entre si e deverão lutar ainda mais pelo novo mundo.

Mas o que vi não foi isso. Os reinos perderam a guerra para seus civis e próprios exércitos, e o povo agora livre para viver sem guerra podem imaginar com um novo continente recém descoberto.

Em seguida o texto apresenta oito locais e ganchos para aventuras, o segundo (e ultimo nesta fase) a fazer isso. uma idéia bem legal que tentarei aproveitar na próxima. A mais interessantes de todas é a cidade flutuante Halfling.

Logo depois vemos uma mecânica ousada, talvez a mais ousada de todos os 32 cenários, onde o jogador pode influenciar diretamente na criação de detalhes do cenário, sendo limitado por um teste de personagem. Bem legal e seria um grande ganho ver essa regra expandida para o Old Dragon.

SMRB Fase 2: CEN-093 Arkelion – O Livro do Princípio

Posted in cenário, resenhas with tags , , on Maio 25, 2012 by rsemente

Vamos ao penúltimo cenário.

Veja o texto completo no site do concurso, compare com os outros cenário e vote aqui.

E veja as outras resenhas aqui.

CEN-093 Arkelion – O Livro do Princípio

Resumo: A obscuridade reina nas terras de Logoria. Distantes dos deuses, os mortais lutam em busca do Arkelion, livro mítico e chave de poder.

A principio temos a história da criação do mundo e das raças, sete raças vivendo em harmonia, seguindo os conhecimentos do livro de Arkelion, e logo depois os deuses puniram esses mortais devido a corrupção que ele desenvolveram, e o livro foi perdido.

Em seguida conta a história dos povos civilizados, e em como eles estão preste a entrar em guerra entre si.

Em seguida fala dos selvagens orcs e globinóides, e por fim dos islados dragontinos.

Tudo isso é apresentado através da narração de um personagem, um mago de décimo nível que é apresentada a ficha no final do texto.

SMRB Fase 2: CEN-073 A Grande Mentira

Posted in cenário, resenhas with tags , , , on Maio 24, 2012 by rsemente

Chegando perto do fim galera. E como andam as votações?

Veja o texto completo no site do concurso, compare com os outros cenário e vote aqui.

E veja as outras resenhas aqui.

CEN-073 A Grande Mentira

Resumo: Em um império dominado por uma elite que conhece a verdadeira natureza dos deuses, um abismo de poder se forma entre as classes sociais.

O texto inicia com a história de como a grande mentira surgiu e qual é ela. A história em bem bolada, e crível, apesar de no final não achar muito empolgante (uma grande guerra pareceria mais empolgante).

Em seguida são apresentados cinco reinos dentro de um império, com a descrição de sua geografia básica, de seus governantes, e algum conflito/problema no reino. Aqui percebi várias influências de Guerras dos Tronos, nos nomes e locais, inclusive os nomes são no geral muito bons, bem reconhecíveis para nós brasileiros sem ficar muito brasileiro.

Em seguida vemos a adaptação do Clérigo/Mago, foi feita de forma bem simples e com a inclusão de algumas novas magias para suprir a falta da cura natural. E no final um aviso sobre como esses clérigos mantém a farsa do cenário.

Espero ver em uma próxima fase nesse cenário, onde os personagens jogadores se encaixam (em uma rebelião?), o que fazem os verdadeiros deuses a respeito dessa mentira, e como de fato essa mentira é mantida.

No final é um cenário bem padrão, com um metaplot simples e forte, o que pode ser bom por um lado, mas por outro limitar novos tipos de aventuras no cenário.

SMRB Fase 2: CEN-009 As Quatro Forças

Posted in cenário, resenhas with tags , , , on Maio 23, 2012 by rsemente

Mais uma resenha  saída do forno quentinha.

Veja o texto completo no site do concurso, compare com os outros cenário e vote aqui.

E veja as outras resenhas aqui.

CEN-009 As Quatro Forças

Resumo: Quatro impérios contolados por magos elementais estão em guerra. Entre eles outras nações servem de peões num jogo de alianças e traições.

Pelo resumo este cenário possui uma premissa bastante simples, podendo ser considerado um Game of  Thrones com magos. Apostando nessa simplicidade também parece o material da segunda fase, com cinco partes cada uma focada em um dos impérios elementais, e uma focada na religião.

O primeiro é o império do fogo, com sua cadeia montanhosa vulcânica, com nove cidades escravistas e grandes exércitos, cada um prestes a lutar entre si.

Depois é apresentado o prospero e bem estabelecido império da terra, com produção de minérios e agraria forte e a maior cidade do cenário.

A religião dualista é formada pela crença da luz, com clérigos e paladinos, e da sombra, com mortos vivos, necromantes, sombras. Ambos combatem entre si, mas parecem não influenciar a guerra entre dos reinos.

Em seguida vem o império da água, com suas ilhas e frota naval, que ajuda os clérigos da luz e se aproveitam da influencia da religião nos outros reinos para obter informações.

Por fim o império do ar é apresentado, com três cidades voadoras, centro de conhecimento e tecnologia e governado por um senado. Este é o menor dos impérios, e que costuma comprar ajuda de estrangeiros para sua proteção.

Concluindo é dito que existem vários outros reinos menores, incluindo elfos e anões, para em fim pedir o voto do leitor.

SMRB Fase 2: CEN-019 Estandarte de Krondoran

Posted in cenário, resenhas with tags , , on Maio 23, 2012 by rsemente

 Vamos agora ao 38° cenário, e agora só faltam mais quatro cenários!

Veja o texto completo no site do concurso, compare com os outros cenário e vote aqui.

E veja as outras resenhas aqui.

CEN-019 Estandarte de Krondor

Resumo: Baixa magia! Impérios, Orcs e Bigbears esclarecidos e Elfos do Deserto colidem pela supremacia, sob o olhar de dragões titãnicos e Imortais!

O material inicial apresenta vários dos papéis, lados e facções que os personagens podem ser, mas não explica muito bem as motivações de cada grupo, ficando muito difícil sentir gosto por um deles, pois são muitos mesmo. O mais interessante é a possibilidade de imortalidade (que é apresentada com um texto redundante).

O cenário parece se basear no império romano com uma tecnologia medieval, com duas grandes cidades, cada um sede de um templo de um deus. Também são apresentadas as várias regiões dos reinos, como desertos, montanhas florestas (que não ficou muito claro se os elfos são dos desertos ou das florestas, ou tem dois povos elficos), todos com nomes complicados e que, para mim atrapalharam a compreensão do texto.

Depois são apresentados uma religião dualista com crenças fortes em Imortais, algo como os santos da igreja católica. Os únicos cinco dragões do cenário são apresentados, três deles caóticos e dois neutro, sem um objetivo bem definido.

Em seguida vemos as opções de personagens, com a perigosa mudança dos dados de vida por raça e não por classe. Duas novas raças são apresentadas, os Orcs e os Bugberars. Não existem clérigos no cenário (o que deixa a mudança dos DVs ainda mais perigosa).

Por fim é apresentada como as magias funcionam no mundo, com rituais cujo efeitos podem ser armazenados em fetiche, com o maior diferencial do custo em PO para realização do ritual. E duas novas magias são acrescentadas para repor o lugar dos clérigos no cenário.

SMRB Fase 2: CEN-097 Armória

Posted in cenário, resenhas with tags , on Maio 23, 2012 by rsemente

Depois desse só faltarão seis cenários. Boa leitura.

Veja o texto completo no site do concurso, compare com os outros cenário e vote aqui.

E veja as outras resenhas aqui.

CEN-097  Armória

Resumo: Dinheiro, religião e poder: aventuras e ardis em uma região marcada por disputas internas, famílias impiedosas e a busca pela liberdade.

O resumo pressupõem um cenário mais realista, pé no chão, e de fato é.

A primeira parte da versão OD é bem objetiva e complexa, com cada frase trazendo um pequeno e novo detalhe do cenário, que se resume em uma região dividida em vários estados que competem entre si. E essa competição por riquezas e poder é que move o cenário.

Logo em seguida são apresentadas as religiões, uma grande e forte religião ordeira, outra natureba neutra, e uma terceira caótica, sem contar as religiões das outras raças.

Em seguida vem uma das partes mais interessantes do material, as DISPUTAS. São nada mais exemplos de conflitos existentes no reino de Armória, sendo cada uma uma possibilidade de gancho de aventura para o mestre usar.

Por fim são apresentadas quatro novas variações das classes básicas, funcionando como a classe básica, com a adição de uma vantagem e desvantagem. Ficou bem legal.

SMRB Fase 2: CEN-081 Reflexos

Posted in cenário, resenhas with tags , on Maio 22, 2012 by rsemente

Vamos a mais um cenário antes de dormir.

Veja o texto completo no site do concurso, compare com os outros cenário e vote aqui.

E veja as outras resenhas aqui.

CEN-081 Reflexos

Resumo: Darchenos, terra de reinos e antigas ruínas. Perigosos assassinos transitam pelo plano inverso dos espelhos. Espionagem, intrigas e guerras!

O cenário começa descrevendo um reino desertico com vários detalhes, e depois parte para a descrição das ruínas antigas e de uma suposta maldição envolvendo demônios assassinos.

Depois começa a explicar sobre um grupo de assassinos misticos que parecem usar tatuagens para matar suas vitimas, mas com regras muitos estranhas e aparentemente incompletas (sem contar o horrivel termo “sumonar”).

E ai o texto explica que se trata de uma nova classe, um ladrão mais poderoso, com magias, bem desequilibrado.

Apresenta também suas armas, adaga de arremesso, e kukri.

logo em seguida apresenta uma lista de magias, de certa forma bem interessantes, e poderiam ser compatíveis simplesmente com uma espécie de mago.

Por fim descreve o plano dos espelhos, onde os dobradores tem acesso.

Acho que o cen;ario ficou faltando duas coisas importantes, onde se encaixam as raças e qual o papel das outras classes (principalmente clérigo e mago), sem contar a falta de organização e textos muitas vezes confusos.

SMRB Fase 2: CEN-063 Alvor

Posted in cenário, resenhas with tags , on Maio 22, 2012 by rsemente

Vamos ao cenário de Alvor (Dumbledore), o 35° cenário da primeira fase.

Veja o texto completo no site do concurso, compare com os outros cenário e vote aqui.

E veja as outras resenhas aqui.

CEN-063 Alvor

Resumo: O mundo paralisou, no oeste um deserto extremo, ao leste gelo glacial. A civilização sobrevive no centro do planeta, em uma eterna alvorada.

A primeira vista esse cenário pode ser bem interessante, pois parece trazer um conceito que gosto muito: “Tidal Lock“.

O texto segue bem fluído, que é uma descrição de um personagem sobre o mundo, seguindo de forma bem coerente, clara e agradável.

Ele fala sobre a geografia, a maior cidade do mundo com sua magocracia, o reino xenofóbico anão ao sul e elfos escravistas ao norte. O grande lance que achei, com uma parte ruim e uma boa, foi o grande e único rio do cenário, que corre do norte para o sul. Para mim isso é um pouco problemático, pois em planetas com orbita travada as águas condensam na parte temperada e descongelam com ventos quentes na parte gelada, correm para a parte quente e evaporam, voltando com fortes ventos para a parte temperada e gelada.

Mas isso logo foi esquecido em decorrência a um fator maior, ao fato dos elfos controlarem o grande rio e envenenarem a água que seria necessário aos humanos! Isso é legal pois gera uma relação intima, frágil e perigosa entre os reinos. Muito massa.

Em seguida temos a explicação dos povos lagartos dos desertos e dos gigantes do gelo, ameaças constantes e que exigem breves alianças entre elfos, humanos e anões.

Por fim é explicado de forma religiosa como o mundo parou, uma guerra entre deuses.

SMRB Fase 2: CEN-110 DAMNANT

Posted in cenário, resenhas with tags , , on Maio 21, 2012 by rsemente

Com esse faltarão apenas 8 cenários a resenhar, espero conseguir pegar folego esta noite para publicar pelo menos mias uma metade desse, mas se não acho que amanham terminará tudo.

Veja o texto completo no site do concurso, compare com os outros cenário e vote aqui.

E veja as outras resenhas aqui.

CEN-110 DAMNANT

Resumo: Uma terra sombria, onde os mortais criaram seus deuses e uma terrível maldição assola todos povos que vivem presos em sua própria violência.

Depois de uma breve introdução (com direito a nome dos autores), é apresentado uma faceta peculiar do cenário onde os povos civilizados são inimigos das criaturas das florestas. Depois é apresentado o conceito que os deuses se tornam deuses através do culto, e não por nascerem deuses.

Então vemos a grande característica do cenário, uma maldição lançada pelo deus das criaturas místicas que faz com que qualquer ser civilizado possa ser em algum momento (e isso é extremamente enfatizado no texto) possa entrar em uma furia assassina e matar qualquer um que esteja ao seu redor.

Três locais são apresentados, duas cidades grandes e um tipo de local mágico, as áreas proibidas.

Em seguida são apresentadas três raças, Selvagens, Licantropos e Árvores-Vivas (como se as arvores normais fossem mortas?), tudo com regra para o Pocket Dragon.

Por fim a maldição é apresentada como um evento controlado pelo mestre, mais nenhuma informação é dada, como duraçào, reincidência…

Um cenário aparentemente comum, com uma guerra velada mas que nenhum dos dois lados parece interessado em continuar, e o grande diferencial é a maldição que ficou meio de lado no texto, podendo ser mais explorada para dar um ar de mais dramaticidade no cenário.

SMRB Fase 2: CEN-105 Talarus – Livro I: Reino de Calisto

Posted in cenário, resenhas with tags , , on Maio 21, 2012 by rsemente

Como já perdi a conta de quantos cenários já resenhei deixo essa tarefa a vocês leitores. Boa sorte.

Veja o texto completo no site do concurso, compare com os outros cenário e vote aqui.

E veja as outras resenhas aqui.

CEN-105 Talarus – Livro I: Reino de Calisto

Resumo: Talarus é um cenário clássico de fantasia medieval, com reinos, impérios e repúblicas repletos de aventuras, magia, masmorras e mistérios.

Esse era um dos cenários que esperava que não passasse para a segunda fase, pois o titulo contradiz com a resenha (se o livro será apenas sobre o cenário reinos de calisto, por que dizer que existem republicas e impérios?), segundo por não trazer nenhum elemento inovador. mas como todos o seu verdadeiro potencial deve ser apresentado agora, então vamos a resenha.

O texto se inicia com a confirmação que será focado em um reino e logo em seguida, começa a explicar a criação do mundo pelos deuses, assim como muitos outros cenários fizeram.

Logo em seguida são apresentadas as histórias de formação do reino e a história recente do reino. Destaque para o exército montado de grifos durante o estabelecimento da nação.

Em seguida vários parágrafos explicam sobre economia, religião e comercio no reino, inclusive a existência de uma floresta negra onde uma “guilda” fora da lei foi formada.

Em seguida são apresentados resumos sobre a vida na cidades e sobre as religiões, sem nenhum grande detalhe.

Em seguida aprendemos mais sobre os outros reinos, apenas em linhas gerais suas culturas e principais raças e geografia, o diferencial é a quantidade, são 12 regiões, algumas amplamente habitadas e civilizadas, outras nem tanto.

Por fim temos as ameaças, que são apresentadas de forma bem vaga, e sendo a principal dela o surgimento de novos povos (mais quais são esses não podemos nem especular).

No final achei um cenário bem pé no chão, bem similar ao “Aymer: Reino de Bruntol”.

SMRB Fase 2: CEN-086 Ezion

Posted in cenário, resenhas with tags , , on Maio 20, 2012 by rsemente

Vamos agora ao cenário Ezion (Auditoren?), um cenário com o diferencial de ter várias raças.

Veja o texto completo no site do concurso, compare com os outros cenário e vote aqui.

E veja as outras resenhas aqui.

CEN-086 Ezion

Resumo: Um planeta vivo. Deuses intitulados que habitam o mundo. Uma profecia que anuncia a queda dos deuses. Descubra Ezion!

A primeira vista achei que esse mundo seria o mais fantasioso de todos, com um planeta como se fosse um grande ser vivo, como se fosse uma criatura, movimentos da respiração, com sangue, e vísceras nos subterrâneos. Isso seria fantástico, acho que vou usar em uma das luas do meu cenário.

O que vemos no artigo são apenas duas coisas, história da criação do mundo e das raças, e as raças prpriamente ditas, que são muitas. Juntando as quatro raças do PD e mais sete descritas no material temos 11 raças ao todo.

As raças são bem variadas, mas no geral algumas são antropomórficas, outras humanoides e uma rochosa. A grande vantagem é que se o cenário passar para as próximas fases e não for o vencedor, pelo menos teremos várias raças para jogar no OD.

O resto do material não apresenta mais nada sobre os supostos deuses intitulados, nem a profecia da queda dos mesmos (será a instinção da primeira raça?).

Acho que o autor foi infeliz em apresentar tantos detalhes sobre a teogonia, e tantas raças nessa fase do desenvolvimento, perdendo um pouco da geografia e verdadeiros plots do mundo descrito no resumo.

SMRB Fase 2: CEN-091 Terras Gélidas

Posted in cenário, resenhas with tags , on Maio 19, 2012 by rsemente

Este é o 28o cenário classificado na primeira fase, e o o 20o cenário que resenho (faltam apenas 11).

Veja o texto completo no site do concurso, compare com os outros cenário e vote aqui.

E veja as outras resenhas aqui.

CEN-091 Terras Gélidas

Resumo: Voar pelos ares de Kriakos-fokar pode ser perigoso. Mas não adianta pedir ajuda aos céus, pois é de lá que vem o perigo…

Pela sinopse achei que este era um um cenário completamente aéreo, mas estava um puco enganado.

Este parece ser um cenário com uma mitologia nova, um cenário congelado, similar a alguns cenários de games japoneses, com várias raças parecidas com humanos.

Vemos a história da criação do mundo, uma história meio confusa, mas que parece bem original. Logo em seguida começa a apresentação de várias raças, são seis, algumas ligadas a um deus de um mesmo panteão e os humanos aqui são escravos interdimensionais.

Então é apresentada a ponte do céu, uma montanha que leva do outro lado das nuvens, em um mundo de ilhas flutuantes com dugeons (algo meio estranho e mal explicado). Aqui são explicados que existem navios voadores, e estes são comuns, e movimentados por uma pedra mágica.

Por fim são descritos dois tipos de navios, e algumas regras simplificadas de combate entre eles.

Este cenário parece um cenário bem complexo, um misto de cenário viking com cenário de pirataria e muita influencia divina, e explica-lo nas poucas 1200 palavras deixou muitas lacunas, como por que o nome do cenário é terras gélidas.

SMRB Fase 2: CEN-096 Distopia – A Sociedade Perfeita

Posted in cenário, resenhas with tags , , on Maio 18, 2012 by rsemente

Hoje estou com tudo, vamos para o próximo.

Veja o texto completo no site do concurso, compare com os outros cenário e vote aqui.

E veja as outras resenhas aqui.

CEN-096 Distopia – A Sociedade Perfeita

Resumo: Num mundo pleno, onde as palavras tem poder, até mesmo uma simples ideia pode significar a ruína.

Com um resumo bem simples podemos imaginar apenas um cenário como uma versão medieval de obras como 1984 e admirável mundo novo.

Os primeiros parágrafos confirmam isso, substituindo a ideia de um poder absolutista terreno por um poder religioso/divino da entidade (que na verdade é apenas terreno).

Os parágrafos seguintes são contadas a história de como o mundo ficou como ficou, começando por guerras, depois enforcamentos, depois selvageria e por fim uma nova ordem. No final descobrimos o primeiro elemento fantástico do cenário, a palavra.

A palavra aqui é tida como uma linguagem mágica que foi esquecida, mas é perseguido com vigor pela entidade. A palavra é um novo sistema de magia, um sistema baseado em substantivos e verbos, um sistema bem livro e que no momento é deixado bem vago mas torna todos personagens como conjuradores. Isso faz deste cenário o segundo cenário que joga grande parte do livro de regra pelo ralo.

Por fim é apresentada um conceito quase intangível do véu, o efeito de medo que a população passa e ignora coisas ruins ao seu redor, acreditando que está em uma utopia. Então é apresentado a palavra liberdade, que tem um uso em jogo mas de forma não muito clara.

Nada sobre raças é apresentado.

Este é um dos cenários mais diferentes de todos ao meu ver, e apesar de não acreditar que chegue ao final (por não ser mainstream) gostaria de ver um mini cenário dele mais completo para OD com certeza.

SMRB Fase 2: CEN-057 Terra Nova

Posted in cenário, resenhas with tags , on Maio 18, 2012 by rsemente

Mas um cenário, estou tentando pegar o embalo e assim terminar o mais rápido possível. Também mudei a metodologia escrevendo a medida que vou lendo, o que pode gerar alguma inconsistência do inicio da minha resenha com o final.

Veja o texto completo no site do concurso, compare com os outros cenário e vote aqui.

E veja as outras resenhas aqui.

CEN-057 Terra Nova

Resumo: Abandone a civilização de Oldarth e viaje a ilha de Newarth, buscando poder riquezas, além de descobrir os mistérios desta terra destruída.

Segundo o resumo este seria mais outro cenário de exploração de um novo mundo, mas não faz referencia se este novo mundo é como as américas ou outra coisa, apenas que “a terra está destruída” (a civilização ou a geografia, fauna e flora?).

Depois de uma simplificada descrição do cenário são apresentadas terras do velho mundo, com reinos de elfos, anões, magos, reis clérigos e gigantes,  com cenários bem interessantes e que por si só parecem dar muito tempo de jogo.

Em seguida vemos o Novo Mundo, e descobrimos que provavelmente era um mundo de fantasia medieval que simplesmente voltou a barbárie por alguma grande catástrofe, e ruínas desses reinos estão em vários locais (são apresentadas três locais e ameaça de tribos barbaras, mas com certeza deve possuir muitos outros locais que não couberam no material do PD).

Vemos também as classes (a adaptação do druida para PD) e uma nova raça de construto (apresentada pela primeira vez do nada). São apresentadas também várias facções, que apesar de bem resumidas são uma das partes mais interessantes do material, incluindo lideres seus níveis raças e classes.

Para finalizar são apresentadas uma nova criatura 9serpente marinha) e um suposto jogo organizado, o desafio do mestre, mas sem nenhum detalhe.

O cenário é bem interessante, mas achei que fugiu um pouco da proposta do resumo, descrevendo mais do velho mundo do que das supostas riquezas e perigos do novo mundo.