Arquivo de game

Solar 2 – O game mais saborosamente bizarro que já vi

Posted in resenhas with tags , on Março 11, 2012 by rsemente

Solar é um jogo diferente de quase tudo que já vi. Nele você joga com um astro no espaço profundo, um astro em constante evolução, desde quando é um meteorito, até se tornar um pequeno planeta, passando por se transformar em um sol, e por fim um buraco negro, com a missão final de absorver a matéria de todo o universo.

É extranho como um pequeno parágrafo pode resumir o jogo inteiro, mas isso se deve principalmente a inexistência de outros jogos similares. O mais próximo que encontrei um dia foi Spore, principalmente  nas fazes iniciais.

O jogo foi lançado em junho desse ano (2011) e é uma mistura de ação (estilo asteroides) com um pouco de aventura jogo de habilidade.

O cenário é o universo aberto, estilo sandbox, com outros astros maiores que você, e como o único objetivo do jogo não é crescer cada vez mais existem várias missões para serem realizadas nas várias fazes do jogo (asteróide, planeta, estrela e buraco negro).

Para deixar o jogo mais divertido você é guiado por uma entidade divina que lhe orienta entre as missões, e que gosta de brincadeiras de gosto duvidoso que geralmente lhe poem em perigo. As missões são interessantes, mas ao meu ver são poucas, e termina-las deve demorar umas 10 horas ou menos. Depois disso só resta alcançar certos achivements, alguns divertidos de se conseguir outros nem tanto.

O interessante do jogo que quis comentar aqui é sua total falta de convencionalidade, que me inspirou a expandir meus horizontes na criação de RPGs, e um dia deverão ver algo estimulado por esse pequeno jogo estranhamente saboroso.

Lineage II – Dwarf Complete Ver 1.0

Posted in games with tags , , , , on Agosto 12, 2010 by rsemente

Um joguiho em flash bem legal. Eu ainda não consegui terminar, o criador (eyemazed) dis que a dificuldade é media-alta e que é interessante o uso da comunidade para termina-lo (ale’m de fornecer o walkthroug).

Clique aqui pra jogar, boa sorte e boa diversão.

Continuar a ler

Flash Game Série: Grow

Posted in games with tags , , , , on Fevereiro 15, 2010 by rsemente

Quem gosta de pluzzes (quebra cabeças) e jogos em flash vai adorar essa série de jogos. A série Grow (Desenvolver) é uma espécie de quebra cabeça no tempo. Em um mini cenário surreal o jogador deve escolher entre várias ações/eventos possíveis, a fim de montar uma cena que culminará no final completo.

Sim o jogo possui vários finais, e depende da sequência escolhida para que o mini cenário se desenvolva completamente. Para chegar até o final completo é preciso prestar atenção na lógica pro traz de cada ação, e a partir dela montar o cenário ideal.

O site para o índice com todos os jogos é esse: http://www.eyezmaze.com/

Indicamos também os seguintes jogos (que você pode jogar aqui mesmo, estão escondido por que tocam musica automaticamente, você pode até desligar manualmente, mas preferi não causar esse problema para você):

Continuar a ler

Games: Monsters Game

Posted in games with tags , , , , , on Janeiro 18, 2010 by rsemente

Monsters Game é um jogo do tipo browser game (jogado pelo seu navegador e internet) em português, que utiliza elementos de RPG para a criação de um personagem, com o único objetivo de batalhas infindáveis, e evolução do mesmo.

Nesse jogo você pode ser um Lobisomem, ou Vampiro, seres que travam batalhas mortais constantemente. Aparentemente esse fato só serve para dividir os jogadores em dois, não havendo nenhum tipo de vantagem e poder especial entre nenhuma das duas criaturas.

Semente: O Caçador Perfeito!

Assim que criado o personagem, você pode evoluir seus atributos, comprar itens (armas, armaduras, poções, amuletos e anéis), criar um “cão” de guarda, e melhorar seu esconderijo. Para evoluir o personagem você poderá trabalhar no cemitério, caçar humanos (apenas uns números limitados de vezes por dia) e lutar contra outros personagens. O objetivo aqui e ganhar dinheiro, para evoluir o personagem em poder, e experiência, para evoluir o personagem em nível (abrindo assim novas opções de compra de itens, guarda, e esconderijo).

Outra coisa que te ajudará a evoluir é chamar outros jogadores, principlamente a subir no rank de alta pontuação (Hightscore), pensando bem, não serve muito mesmo não 😛

Um jogo bem simples, que serve para se distrair por 5 minutos de alguma atividade mortal que esteja realizando no momento. Então cadastre-se e crie seu lobisomem/vampiro e participe da batalha mais antiga que já existiu!

Games: Dot Zombie!

Posted in Cinema, TV, e Vídeos, games with tags , , , on Junho 1, 2009 by rsemente

dot zombieDot Zombie é um jogo muito simples, tanto em gráfico como em regras. Criado por Philip M Jackson Phillip M Jackson, está disponível gratuitamente nesse endereço http://www.lulu.com/content/2708108.

O Jogo

Continuar a ler

My Brute: Clan Blogs RPG Br

Posted in artigos, games with tags , , , , on Maio 25, 2009 by rsemente

Espanhol!!!

Espanhol, Espanhol!!!

Agora em My brute existem os clãs. Os clãs até agora não concedem nenhuma vantagem para seus membros (XP, Armas, poderes…),  mas são legais por darem uma medida de popularidade. Só podem ser criados por lutadores de 10 níveis ou mais.

Todo clã só permite 50 membros, é claro que já é gente o suficiente para juntar uma galera legal, mas só os melhores dos melhores no final terão lugar. por isso…

Rsemente agora é um guerreiro de nível 10, e criou seu próprio clã: o Blogs RPG Br, para todos aqueles blogueiros de RPG, RPGistas de plantão (mais em baixo veja quem já faz parte do clã), e todos que quiserem e se mostrarem valentes o suficiente para lutar nessa guerra (não abandonem a luta meus discípulos).

Quem já esta lá?

Continuar a ler

Dicas para ser um campeão em My Brute

Posted in games with tags , , , , , on Maio 13, 2009 by rsemente
mybrute

Onde mais você poderia ver Mr. T contra Chuck Norris?

My Brute é um Jogo estúpidamente simples e divertido, praticamente não tem nenhuma estratégia, se resumindo a: Não perca as lutas diárias, chame novos lutadores, e participe dos torneios.

Mas com o tempo algumas boas práticas, principalmente na escolha de seus oponentes podem facilitar sua vida. Então aqui vai 5 dicas para se dar bem no La Brute (sem trapacear): Continuar a ler

Game: My Brute – La Brute em inglês

Posted in games with tags , , , on Abril 20, 2009 by rsemente

mybrute

Faz um bom tempo que comentei sobre o jogo La Brute, um jogo em flash para ser jogado na rede. Um jogo divertido, mas acabei sem tempo e parei. Descobri através do Twiter do D3 que o jogo foi traduzido para o inglês e recebeu o nome  My Brute!

Já criei o meu Bruto: rsemente

Continuar a ler

Game: Azul Baronis I – Epsilon Zero

Posted in games with tags , , , on Abril 15, 2009 by rsemente

azul-baronis21Ultimamente viciei neste joguinho em flash chamado Azul Baronis I – Epsilon Zero. O nome é claramente uma alusão ao Barão Vermelho, o maior e mais temido piloto de caça alemão durante a primeira guerra. O jogo de ação é rápido e precisa de grande habilidade, onde o jogador se torna o piloto de uma caça estelar de um frota espacial azul.

Continuar a ler

Dia W na Reinos Game Store – 15/03/2009

Posted in eventos with tags , , , , , , on Março 14, 2009 by rsemente

Amanham, dia 15/03/2009 ocorrerá o Dia W, um encontro de jogadores de Wargame, com intuito de apresentar o hobby para novos jogadores e reunir e integrar os jogadores existentes.

O Encontro ocorrerá a partir das 13:00h na Reinos Game Store, maior loja de RPG de Natal, localizada no Lagoa Center. Haverá demonstração de jogos e oficina de pinturas, tudo gratuito.

Dia W
Dia W – Warhammer e muito mais!

Os jogos apresentados serão:

Warhammer: O jogo de Batalhas de fantasia (Warhammer: The Game of Fantasy Battles) –  Criado pela Games Workshop em 1983 e já esta em sua 7ª edição. Seu cenário é “sombrio e sujo”, baseado em uma cultura da Alemanha renascentista mesclado com a terra média de Tolkien. Conta com várias raças, como Humanos, Elfos, Anões, Orcs e Goblins, Mortos vivos, Ogros, Vampiros e outras incomuns como Homens lagartos e Skavens (homens ratos, ou seriam ratos humanóides?).  O MMORPG Warhammer Online: Age of Reckoning é se passa no mesmo mundo.

Warhammer 40.000: Criado em 1987 já esta em sua 5ª. A  ambientação do jogo é um Space Opera que se passa em um universo gótico de fantasia-cientifica. O centro do jogo são os Space Marines, uma combinação anacrônica de super-soldados geneticamente melhorados com poder de fogo destruidor de mundos, e cavaleiros das cruzadas com um inabalável e fanática lealdade para o Imperador rei. Alem de sua versão corrompida, os Chaos Space Marines, existe a raça dos Orcs, Eldar (sobreviventes da raça dos Elfos), Tau, Necrons,  e Tyranids.

Marcelo Paiva é o grande idealizador desse evento, que possivelmente contará com a participação do Trampolim da Aventura, grupo de jogos de tabuleiro de Franciolli, do blog Casa do Mago, que também fez uma matéria sobre o evento.

RPG Old School vs. “Moderno” vs. Eletrônico

Posted in dicas de mestre with tags , , , , , , on Fevereiro 8, 2009 by rsemente

Discutiremos aqui algumas características dos RPGs Old School, comparando-o com os RPGs “Modernos” e com os RPGs Eletrônicos, tentando identificar o que tornou cada um o que: a diversão dos RPGs Old School, as regras e batalhas épicas dos RPGs Modernos, e o sucesso dos RPGs Eletrônicos.

action-RPG, hack n slash, Mas divertido

Diablo: action-RPG, hack n' slash, Mas divertido

Porque eu gosto dos sistemas Old School?

Por que eles teriam evitado muita das brigas de regra nos jogos de RPG. Certa vez enquanto mestrava, um dos jogadores conjurava um espírito que o curava. Quando cogitei se poderia matar o espírito o jogador disse que não podia, acreditei e passei o jogo, logo depois achei que o personagem não poderia ter a magia pelas regras :P. Se o jogador tivesse deixado que eu fosse Old School e matado o espírito dele teria sido menos incomodo.

No RPG Moderno, com usas regras robustas e muitas opções para customização do personagem, as regras se tornaram o baluarte para muitos jogadores, e é comum ver jogadores com regras novas desafiando o “equilíbrio” do jogo. Eles tentam se torna o astro do jogo, o Raistilin Majere de Dragon lance, mas não pelos motivos certos, ou como Legolas dos filmes do senhor dos anéis, mas apenas pelas cenas cinematográficas, e não pela interpretação ou profundidade.

No Old School o Jogador poderá ser a estrela, mas não como Legolas em senhor dos anéis, e sim como Jack Sparrow em Piratas do caribe, enrolando pelo seu carisma, tramando de forma inescrupulosa, não com bônus e bônus na ficha.

Continuando com as comparações, isso lembrou o seguinte acontecimento: Estávamos em uma série de cavernas amaldiçoadas com um poço em algumas “salas” e escondido na parede do parapeito dos poços tinham escondidos vários itens. No caso mestre cobrou um teste de Observar dos personagens, só o meu que conseguiu um bom dado observou um item escondido, o restante passou direto, afinal, por que contestar os resultados dos dados? Fato é que todos os jogadores perceberam que havia itens escondidos em cada um dos poços, mas não se contesta as regras, certo?

No Old School se os jogadores tivessem dito: “Procuro ao redor do poço por alguma inscrição que poça indicar a finalidade do poço”, o mestre poderia ter considerado que os personagens teriam achado os itens, nada mais natural, e desafiador para o jogador, afinal em Games os quebra-cabeças e labirintos são resolvidos pelos jogadores e não por uma habilidade do personagem que o faz seguir pelo labirinto autonomamente. Nesse ponto o RPG claramente está se desviando de um jogo mais divertido e rumando para um jogo puramente mecânico e tático, enquanto os RPG Eletrônicos estão rumando um pouco mais para a habilidade do jogador do que do personagem.

Nos RPG Eletrônicos (e games em geral), seu personagem é forte, conseguirá matar todos com uma certa habilidade, mas só se tornará um verdadeiro mestre nele, quando o jogador desenvolver as táticas de combate mais desafiadoras, algo que muitas vezes nem os desenvolvedores previram. Não estou falando de bugs, e sim de se posicionar de tal forma que apenas um inimigos conseguirá lutar com você por vez. Tudo bem, o D&D 4 Edição permite isso, mas também permite muitas outras táticas de acordo com poderes mirabolantes e com pouca “interpretação”, ou seja, poderes puramente mecânicos.

Felizmente o Old School para os sistemas atuais não prejudica a parte “mental” do personagem, pois a inteligência é usada para diversos outros feitos (inclusive em combate). Além do mais caso o jogador crie situações como: “Usando meus treinamento de guarda das fronteiras dracônicas eu cerro meus olhos e tento detectar onde o vilão guarda o pergaminho contendo os planos militares”, o mestre pode improvisar e conceder a visualização de algo mais que o planejado inicialmente, como a hora em que o vilão se desarmou, fazendo-o perder algum tempo para perceber o ataque dos heróis!

Mas o Old School não é usado só nas situações de “Procurar”. Permita que o jogador tente manobras arriscadas, como pular em cima da cabeça do anão do grupo para ganhar altura e atacar com um poderoso golpe descente sobre o vilão. Permita que truques mágicos pequenos, como som fantasma, ou um simples tentativa de ventriloqüismo por parte do jogador, forçando sua voz para parecer com a voz do Orc, cause distrações verdadeiras e iniciem na luta entre o bando, fazendo restar apenas 1 Orc sem levantar uma espada!

Espero que essa contribuição seja útil para o sistema Old School, e para todos que querem tornar suas mesas mais divertidas.

Nada como pergaminhos velhos!

Nada como pergaminhos velhos!

Veja também:

Old School para todos os jogadores e sistemas