Arquivo de fantasia

O Legado: RPG de fantasia urbana épico!

Posted in artigos, Notícia with tags , , , , , , , , on Maio 25, 2021 by rsemente

Hoje estou correndo o risco de pecar por atraso, pois o Financiamento Coletivo de O Legado em 3h bateu a meta inicial. Ou seja, o jogo não é uma proposta, mas uma realidade!

O projeto já vai publicar um livro físico inteiramente colorido, capa dura e 300 páginas!

O Legado é um RPG de fantasia urbana onde os jogadores interpretam os Herdeiros, que despertaram poderes de origem divina, como anjos, demônios ou feérica. O jogo utiliza um sistema próprio que usa 1d10 (ou 2d10) para decidir as ações com base em porcentagens, permitindo múltiplas ações o que tenta simular batalhas dinâmicas como as vistas em jogos tipo Devil May Cry, Bayonetta, Castlevania (os mais recentes é claro), entre outros (eu mesmo penso em um jogo cuja a missão final seria enfrentar um monstrão como o Godzilla!).

APOIE O LEGADO AQUI

Além disso diversos outros produtos serão lançados, ou em formato digital ou em formato físico, dependendo do nível do financiamento, como duas aventura e um baralho do destino, que poderá ser usado dentro das mecânicas do jogo, além de diversos outros acessórios (dados, miniaturas, marcadores de página, escudo do mestre…).

Dito isso, passados já dois dias do inicio do financiamento, o projeto já bateu duas metas extras: mais uma ancestralidade, que é uma nova “fonte” de poderes para os personagens, que ainda será decidida; e a continuação da campanha “Dízimos da Guerra” online com o mestre Ximu, um dos mais famosos mestres profissionais do Brasil!

Quer assistir o que já rolou na campanha, ela está disponível logo a baixo:

Se você que saber antes como será o cenário e o sistema, e até jogar com seus grupo, basta fazer o download do fastplay gratuitamente.

DOWNLOAD DO FASTPLAY GRATUITO

A próxima meta extra é o Documento do Sistema, o que permite que caso você queira adapte facilmente as regras em outros cenários, seja no passado, futuro, ou um cenário de fantasia completamente novo que não seja a terra. Outras metas extras incluem mais uma parte da campanha Dízimos de Guerra, mais uma casta (espécie de classe do sistema), e mais um livro de bestiário, o Sombras e Ameaças (nome provisório).

Na dúvida, assista os jogos (na página do financiamento existem vários disponíveis), leia e jogue o fastplay, e apoie esse RPG nacional, com apoios que vão de 57 r$ (recompensas digitais, e que dividindo em até 6 vezes fica a custo de troco da padaria) e até 497 r$ (com todos os produtos físicos, incluindo três dados, quatro miniaturas, 1 baralho do destino, escudo do mestre em MDF e outras mestras extras físicas).

Eventos de RPG: RPGCon 2009 (4 e 5 de Julho)

Posted in eventos, Notícia with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , on Junho 5, 2009 by rsemente

logo_rpgcon

Aqui em terras potiguares eventos de RPG são raros, ultimamente tem rolado mais Games Days da Wizards, e o ultimo fora desses moldes foi o segundo trampolim da vitória realizado pelo Francilli do Trampolim RPG.

Mas observando outros recantos das terras tupiniquins vejo que a coisa não é tão melhor.

A alguns meses atrás a notícia que não haveria o EIRPG 2009 se espalhou pela internet, e mesmo nunca tendo ido a nenhum sabia da importância de um evento dessa magnitude para o RPG nacional. É claro que muita gente que sempre participou desse evento ficou indignado, alguns apenas reclamaram, outros que sempre reclamaram disseram que já foi tarde, e uns poucos disseram “BASTA”.

O primeiro a arregaçar a manga e tentar reverter o fim trágico do evento foi o D3, do D3System ( 😛 ), que decidiu abraçar o Encontro brasileiro de blogs de RPGs, idealizado pelo Phill Souza, como parte de um evento realizado por ele e sua equipe. Com um pouco mais de movimentação encontrou mais dois grupos que tentavam preencher o vácuo do EIRPG: a Caravana Surreal e o Grupo Céos.

Então todos uniram esforços e criaram o RPGCon.

2009 é o primeiro ano desse evento que promete ser o maior do Brasil. Então aqui vai o lançamento oficial do evento:

Continuar a ler

Tavernas mais do que exóticas – Parte 3

Posted in cenário with tags , , , , , , , , , , , on Fevereiro 11, 2009 by rsemente

Trago mais uma parte da serie Tavernas mais do que exóticas, dessa vez com uma taverna sombria e peculiar, ideal para

Taverna da caveira negra

Localização: Reino decadente de Gamor
Bebidas: Vinhos, cervejas, entre outras
Comida: Normal
Mesas: 15 mesas grandes
Atendimento: Trotem, Uila, Fara e Sona
Acomodações: Nenhuma
Preço dos produtos: Normal

Mantur, colecionador de crânios, era um necromante bom vivant, sempre adorou tavernas, bebidas,  mulheres e crânios. Aprendeu a arte negra através de conhecimento passado de pai para filho em sua família, mas se cansou da vida de estudos necromanticos, assaltos as cemitérios, e conjuração de mortos-vivos. Então teve a brilhante idéia de unir suas duas “paixões”: criar uma taverna onde pudesse ter seu sustento e prazeres.

Sua taverna é limpa e organizada, quase beirando uma taverna de luxo, possui a peculiaridade de que  todas as canecas são feitas de crânios, a maioria de monstros trazidos por heróis. Quem trouxer um crânio de uma nova criatura pode se beber de graça por alguns meses ou anos dependendo da raridade da criatura (2 meses / ND). Mantur não contrata guardas costas, pois os crânios podem criar vida e atacar ao seu comando (use a estatística dos vargouiles com remoção de sua habilidade de beijo). Para decidir se Mantur já possui algum crânio jogue 1d20, caso o valor seja superior ao ND da criatura ele já possuirá ela em sua coleção.

Para servir seus clientes 4 belas escravas servem os clientes com bebidas e comidas, que elas mesmo preparam. Sempre vestidas com roupas compostas e elegantes, apesar de serem escravas é proibida o abuso sexual. São elas: Trotem é uma mulher humana alta e ruiva, com idade aparente de 30 anos; Uila é uma garota loira, a mais nova de todas, com 18 anos, porem a mais prendada, responsável pela grande parte dos pratos da casa; Fara e Sona são duas gêmeas morenas, com cerca de 25 anos  ocupadas praticamente com o atendimento, pois sabem cozinhar muito pouco.

Veja também:

Tavernas mais do que exóticas – Parte 2

Tavernas mais do que exóticas – Parte 1

Tavernas mais do que exóticas – Parte 2

Posted in cenário with tags , , , , , , , , , , on Janeiro 7, 2009 by rsemente

Olá novamente a todos, votamos com a grande matéria sobre as tavernas mais exageradas que consegui imaginar :). Antes de começar encontrei uma matéria sobre tavernas genéricas no Nitro Dungeon, com material completo para tavernas de todos os tipos, além de muito engraçada é uma matéria indispensável para se criar tavernas quando sem imaginação. A matéria anterior também foi comentada pelo Rolando 20, em sua postagem de links.

Voicê já viu um porco verde? nem eu, mas que existe existe!

Taverna barraca do lado

.
Localização: Capital de Renja
Bebidas: Goblumber
Comida: Nenhum
Mesas: Nenhuma
Atendimento: Goblum
Acomodações: Nenhuma
Preço dos produtos: 2 pc por caneca de Goblumber

Para aqueles sem bebidas para tomar as boas bebidas da taverna das 1000 bebidas, Goblum, um globim, “fundou” uma barraca do lado da Taverna das 1000 bebidas, que fornece bebida por dinheiro.

Na verdade uma carroça puxada por dois porcos verdes, Goblum produz uma bebida com gosto peculiar, ao qual Cordanus aceita como troca por suas bebidas, mesmo que não dê as de melhores qualidades. Segundo Cordanus, o goblim é o único que consegue fazer essa bebida e nem ele conseguiu descobrir o seu segredo. É uma bebida de gosto adocicado e forte chamada de Goblumber pelo goblim. Com a barraca do lado, Goblum consegue tirar um bom dinheiro, e os viajantes tomar algumas das bebidas exóticas da Taverna das 1000 bebidas.

O segredo da Goblumber é um segredo, mas vocês podem divagar sobre sua origem.

Veja também:

Tavernas mais do que exóticas – Parte 1

Tavernas mais do que exóticas – Parte 1

Posted in cenário with tags , , , , , , on Dezembro 23, 2008 by rsemente

Uma matéria do Nume no .20 me lembrou que tinha escrito a um tempo atrás árias tavernas bem exóticas. Eram no total 10 tavernas, e irei publicá-las aos poucos aqui. Vale apena conferir uma matéria do Blog Aldertoron, com 7 tavernas legais e detalhadas para uso imediato.

Quer um pouco?

Quer um pouco?

Espero que gostem.

Taverna das 1000 bebidas

Localização: Capital de Renja

Bebidas: Praticamente todas.

Comida: Assados em geral.

Mesas: 25

Atendimento: Cordanus, Adele, Lume e Veneri.

Acomodações:

Preço dos produtos: Especial

Esta taverna foi fundada pelo bêbado mais sóbrio já encontrado, Cordanus, um bêbado capaz de fabricar bebida mesmo estando bêbado. O inicio de seu empreendimento foi um fiasco, até desenvolver um sistema de fabricação de bebidas mais rápido que ele conseguia beber. Suas bebidas são muito boas, mas o grande sucesso (e perdição) de sua taverna não é nada disso, é a eterna promoção que ele patrocina: “Traga uma bebida e ganhe outra!”, como diz a placa na frente do seu estabelecimento.

Seu estabelecimento só aceita como pagamento de bebidas outras bebidas, onde acaba lucrando apenas com a venda de comida pelo chefe Gorbaleno, cozinheiro gordo de mão cheia, sempre carregando montes de comida e colocando dentro de seu forno especializado em carnes a moda do javali (animais preparados inteiros no fogo do forno).

Assim Cordanus obteve um acervo de bebidas maiores do mundo, cujos barris e odres cercam todo seu estabelecimento, mas devidamente lacrados e catalogados contra os ladrões mais astuciosos e bêbados que possam vir a afanar suas preciosidades.

Cordanus também aprendeu a desenvolver bebidas a partir das que recebeu, bastando tomar poucos goles para ser capaz de fabricar uma bebida extremamente semelhante à recebida. Dois fatores atrapalham seu negocio é claro, o tempo e bebidas mágicas. Por isso, magos que possam acelerar a idade das bebidas, ou encantá-las sempre são bem vindos para beber de graça, dês que suas magias funcionem e não estrague a bebida.

Adele e Lume são duas jovens atraentes que atendem no estabelecimento, mas um pouco mal humoradas, pelo menos com aqueles que tentam dar em cima delas, e atrasam o atendimento de qualquer um que faça isso. Veneri é uma velha, encarregada de organizar a taverna e colocar Adele e Lume para trabalhar. Veneri também é bastante fogosa, e dá em cima de todos os homens.

Cordanus vive na própria taverna, no enorme porão junto com a adega, que é iluminada magicamente, e muito bem decorada.

Veja Também:

Diversão na Taverna! (Artigos de RPG do Baú do Tio Nitro)