Chuvas de Castamere


E quem é você, disse o altivo senhor,
pra que a vênia seja profunda?
Só um gato com um manto diferente,
essa é a verdade fecunda.
Num manto de ouro ou num manto vermelho,
suas garras um leão mantém.
E as minhas são longas e afiadas, senhor,
como o senho as tem também.
E assim falou, e assim conversou,
o senhor de Castamere
Mas agora a chuva chora no seu salão,
e ninguém está lá para a ver.
Sim, agora a chuva chora no seu salão,
e ninguém está lá para a ver.

Esta música celebra a vitória de Tywin Lanister contra uma rebelião que aconteceu quando ele era bem jovem, o senhor de Castamere da casa Rayne (que lembra a palavra em inglês para chuva), se rebelou contra seu fraco pai Titus Lanister, que deixava seus vassalos tripudiarem a família Lanister, evitando pagar empréstimos e não obedecendo seus mandos, e ele não aguentou a desonra e foi ele mesmo, venceu a rebelião e matou todos os membros da família, a extinguindo como exemplo para futuras rebeliões.

Uma resposta to “Chuvas de Castamere”

  1. arquimago Says:

    Inspirador, que atiçar nosso jogos medievais? rsrsrs

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: