Campanha Old Dragon: Sessão 03


… Anteriormente

Os heróis acordaram depois de uma noite no acampamento no meio da estrada entre a pequena vila Dehn e a grande cidade de Arduin. Depois de pouco tempo de viagem em direção ao sul chegam a uma bifurcação. Duas placas apontam o sentido: A estrada da direita indica Porto Norte, e a da direita duas placas separadas que juntas dizem Ponte Ilha.

Após um pouco de discussão decidem descer pelo caminho mais curto, o do Porto Norte.

Pouco depois do meio dia encontram a pequena cidade portuária a margem de um lento rio caudaloso, chamada Porto Norte, mas a cidade era estranhamente murada.

Eles entram na cidade e logo procuram o conforto de uma taverna.

Enquanto isso a pouco tempo atrás dentro da taverna se encontram figuras bem estranhas. Um grupo com oito goblins, um elfo mago, um ladr..ops homem chato metido a boa pinta e um punhado de outros clientes comuns.

Todos escutam as histórias contadas pelos oito goblins que matraqueiam sobre gigantes matando monstros e comedores de ovos gigantes saídos de galinhas não menores em cima de castelos nas nuvens na vila próxima de Dehn.

Nesse momento entram dois dos nossos heróis, o Minotauro Chibatox e o Clérigo de Heöe Sebastian Basoon. Eles se sentam e começam a beber um pouco e descansar da viagem, e logo se surpreendem com as conversas dos goblins e de como as suas histórias se modificaram e já chegaram em sua frente.

Uma bela atendente sai dos fundos com uma badeja a servir outros clientes, dando uma caneca para o clérigo e que o que atingi o alvo errado atiçando demais o minotauro, ela sai assustada e serve outros clientes.

Os heróis começam a conversar com o chato “boa praça” chamado Hansolo, enquanto o elfo é chateado por um goblim que cisma em puxar sua orelha. Eles percebem um misterioso homem de manto e capuz negro a escutar toda a história, mas sem nunca afastar as sombras de seu rosto.

Nesse momento uma pequena confusão começa e a atendente começa a ser assediada pelos goblins. De cara o heróis se levantam e pedem para os goblins se afastem, mas como estão corajosos pela bebida os mesmos não dão ouvidos a reclamação e escarneiam do “Homem Boi”.

Não agüentando o insulto o minotauro com um único golpe de seu chifre abre as entranhas de um goblin e faz jorrar sangue pelo o recinto. O Taverneiro se desespera e diz para não matarem ninguém na taverna.

Uma briga começa entre os agora sete goblins, os dois heróis, o ladino e o elfo. A maioria avança no minotauro que atacam impiedosamente o mesmo, mas quando o elfo e atacado por um goblin ele lança uma magia que com o toque frita o goblim com eletricidade, o que faz dois goblins votarem suas atenções para ele. Enquanto isso o clérigo consegue derrubar um dos goblins já cambaleando por um golpe do minotauro, e o mago sopra uma nuvem de pó que faz mais dois goblins adormecerem. Com outro golpe bem dado Hansolo derruba outro goblim, o que faz com que os dois restantes desistam de continuar a briga, e logo são postos para dormir pelos punhos do minotauro.

O minotauro começa a saquear os corpos do goblins achando moedas e uma poção, mas quando começa a pegar suas espadas um cavaleiro e dois guardas chegam a porta. A donzela que foi o estopim da confusão fala da culpa dos goblins, e após uma breve olhada em toda a cena ele manda prender os goblins. Eles apreendem as armas deixando apenas uma das espadas para o minotauro. Os heróis antes de sai deixam uma peça de ouro para pagar os prejuízos da taverna.

Os dois heróis, o ladino Hansolo e o elfo Ghilthi Anthalas Cajado Verde, se encontram fora da taverna e como se mostraram capazes e interessados são apresentados ao Ovo. Nesse momento alguém chama pelo clérigo nos fundos da taverna. Era a atendente que suplica para que a levem da cidade. Depois de implorar para que o clérigo a proteja contra o minotauro ela entra no grupo sob a proteção do Clérigo.

Após uma breve venda de armas, e chegarem até um pescador para realizar uma travessia mais barata, eles entram com a carroça no barco de pesca e atravessam lentamente para o outro lado, comendo peixes no caminho. Eles descem em um porto ainda maior chamado Porto Sul, mas não se interessam pela cidade.

Como já é próximo da noite eles acampam e durante a noite o clérigo de Heöe desposa a simples donzela, enquanto os outros dormem.

 Quando acorda partem para a cidade de Arduin, e pouco antes do meio dia avistam a grande torre de quase 100 metros de altura do castelo. Eles entram na cidade e encontram o templo de Heöe, uma aparente simples capela no topo de uma pequena elevação de pedra na cidade baixa. Eles entram no templo e são recebidos pelo sacerdote mais experiente que os ajudam a restaurar suas forças e começar a descobrir mais detalhes sobre o Ovo de guardião.

Continua…

Uma resposta to “Campanha Old Dragon: Sessão 03”

  1. […] Campanha Old Dragon: Sessão 04 … Anteriormente […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: