20° Dia


…NO DIA ANTERIOR

No inicio do dia me concentrei bastante no manual, e fiz o primeiro rascunho aceitável, apesar de relativamente grande e ainda pouco organizado. Tinha que filtrar a informação, resumir, aprimorar e procurar dicas que pudessem ser mais uteis que as minhas iniciais.

Também me concentrei durante boa parte da tarde em um plano para sair da situação atual, em algum lugar deveria existir pontos de reconstrução da tecnologia e da civilização. O primeiro que pensei mais próximo seria Campina Grande, e deveria cedo ou tarde procurar algo naquela cidade.

Um pouco antes da chegada da noite, ouvimos o barulho de um grande tumulto na avenida mais próxima. Não deveria ser nada bom e provavelmente perigoso checar, mas mais perigoso ainda seria não saber de nada do que estivesse acontecendo.

Um de nós apenas foi escolhido para verificar, e foi decidido que uma pessoa aparentemente mais indefesa e com quem ninguém não tivesse algo a “perder” seria o mais adequado, nesse caso meu primo foi o escolhido, deveria se disfarçar de mendigo e assim ninguém teria nada a ganhar abordando-o.

Ele partiu nos restando a esperar pelas informações que ele poderia trazer. Duas horas depois ele retorna avisando que um grupo de uns 200 homens mau encarados estava fazendo uma algazarra por onde passavam. Invadiam prédios em busca de qualquer coisa, casas, e por pouco não faziam as maiores atrocidades com quem encontravam. Ele mesmo teve que se manter a distancia, mas em um momento um deles que vasculhava pelas ruas em busca de um portão ou porta aberta o viu, ele foi indagado sobre quem eu era e se tinha alguma comida e teve que falar que a ultima coisa que comeu tinha sido o próprio cachorro, assim ele foi ignorado e pode retornar com a história.

Pelo que ele dizia deveria ser um grande grupo formado para sobrepor qualquer autoridade ou até um grupo que tenha fugido de algum presídio, mas pelo sentido que vinham não eram os mesmos do dia anterior.

Trancamos as portas, apagamos as velas e fizemos o máximo de silencio pelo restante da noite, esperando que ninguém tentasse invadir nosso prédio.

CONTINUA…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: