Capitulo 3 – Um Pequeno Sol (Parte 10)


Hoje novamente terminei cedo de novo, e gostaria de dar duas informações:

A primeira que lançarei ao fim de cada capítulo um PDF com a reunião de todas as partes do capitulo anterior. Assim, quando terminar esse capítulo irei lançar também um PDF com o capítulo 1 e outro com o capítulo 2 (dois para redimir a falta 🙂 ), quando terminar o capítulo 4 lançarei o PDF desse capítulo 3, e assim por diante. Vocês podem perguntar: Por que não lançar PDFs atualizados com todos os capítulos? Primeiro para não gerar repetição da informação, segundo para não obrigar a revisar tudo e gerar todo o PDF a cada fim de capítulo, terceiro por que tentarei contar histórias meio fechadas.

A segunda informação é o retorno das imagens, vou começar a tentar colocar figuras nas partes, mas estas não deverão ir para os PDFs (dificulta a leitura devido a poluição entre as páginas), mas para compensar tentarei colocar uma imagem no PDF, que de quando em quando poderei fazer um desenho exclusiva. Acho que é isso, boa leitura.

… ANTERIORMENTE

Por fim o planeta provavelmente mais importante para vida mesmo sem a suportá-la, Gliese 581f um longínquo gigante gasoso absorvia boa parte dos possíveis corpos celestes errantes como asteróides e meteoros que poderiam atingir os planetas mais internos.

Os Filhos de Gliese – Capitulo 3: Um Pequeno Sol (Parte 10)

Mais dois planetas menores, do tamanho de mercúrio e marte mantinham orbitas mais distantes, influenciando muito pouco na orbita do sistema e, pelo mesmo motivo, se tornavam indetectáveis por meios indiretos, como o método HARPS e o método de Transito. Batizei-os de Gliese 581h e Gliese 581i, seguindo a nomenclatura tradicional dos cientistas da terra.

Fiquei tencionando a nomeá-los com alguns dos deuses de panteões ancestrais e esquecidos pelo seu povo. Se assim o fizesse começaria a nomeá-los de acordo com o panteão egípcio, visto que era um panteão considerado irmão do panteão grego, estavam lado a lado, mas distantes, origens diferentes, mas que no futuro o contato com as duas civilizações colocaram em choque as duas culturas, e para solucionar essas diferentes crenças acabaram por determinar que Apolo, na época um dos deuses mais cultuados, depois de uma de suas desaventuras amorosas havia fugido para o Egito e lá deu origem ao panteão local.

Apesar de não usar oficialmente, brinquei um pouco com Esse conceito e comecei o batismo. A estrela chamaria de Ra, o deus do Sol egípcio. O maior planeta, Gliese 581b, e de certa forma o causador de todas as descobertas e missões para este sistema, seria Atum, um dos deuses criadores dos egípcios. Gliese 581c deveria ser Seth, o deus dos desertos, e causador da discórdia no panteão, assim como foi causador na terra da discórdia de existência ou não de vida nesse sistema. Os dois planetas irmos amantes seriam Osiris e Isis, qual seria um e outro tanto fazia. O misterioso e ao mesmo tempo grandioso Gliese 581g seria Horus, a divindade mais significante para os egípcios e o mais significante planeta para a vida, e como sua contraparte divina foi descoberto, desacreditado, e ressurgiu de seu esquecimento para se tornar uma jóia no espaço. Gliese 581e seria Tefut, deusa filha de Atum, e seu irmão Shu deus do ar seria Gliese 581f, um patriarca para todos os outros.

Depois da primeira varredura em busca de corpos celestes e analisando a composição dos astros, e de pensar em criosidades inúteis, Fermi fez uma busca precisa de emissão de radiação. A principal fonte ainda era a estrela, em seguida radiação natural e refletida dos planetas, mas em uma faixa estreita de radiação, especificamente limitada, era emitida por Gliese 581g, era o sinal que fora captado pela terra a mais de 40 anos atrás.

CONTINUA…

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: