Desafio RPG – Dia 13


Mais sobre o desafio RPG aqui

Dia 13 –  Um RPG que vale um rank de 5 estrelas

Capa da quarta edição, boa mas...

Aqui a escolha foi dificil, simplesmente por que fui procurar outro RPG que fosse mais completo do que minha escolha inicial, que no fim ficou a mesma: Legend of Five Rings RPG.

Esse RPG é completo, primeiro o cenário, um território similar a china, mas cuja a principal cultura é 90% da cultura japonesa, e recheada de elementos fantásticos. Aqui todas as lendas japonesas são reais. Também foi alterada um pouco da mitologia, que é basicamente uma mistura da mitologia grega com a mitologia japonesa (mas com estilo totalmente japonês). Para quem curte aventuras orientais ele é o cenário perfeito.

Segundo a criação de personagens. Ele é mesclado bem as regras, e é simples, coeso, e mortal. É um sistema misto entre pontos e níveis. Você é livre para construir do jeito que quiser, precisando escolher classe, família e dojo (escola que dará técnicas), ou simplesmente um Ronin (ficando livre para distribuir os pontos livremente). Mas se criar um o personagem muito forte em algum ponto não conseguirá atingir rapidamente pontuação para o próximo posto (rank), que dará uma técnica nova.

As técnicas são importantes por que elas são bem poderosas e costumam quebrar um pouco a regra básica em favor de efeitos especiais, como atacar duas vezes, evitar armadura, etc… para chegar ao posto precisa ser um personagem bem equilibrado. Se tiver pontuação alta de mais, para aumenta-lá precisará de mais pontos de experiencia, então acaba precisando aumentar habilidades fora do foco principal do personagem, e isso deixará ele mais equilibrado com o tempo.

E terceiro o sistema de regras, que utiliza dados de 10 lados, mas só pode pegar alguns dados (determinado geralmente pelo valor do atributo). Então se atacar com espada, soma pericia espada (3) + atributo agilidade (4) (estou chutando não lembro ao certo) que permitirá rolar 7 dados, mas ao joga-los só escolherá os 4 maiores valores (devido a ter agilidade 4). Isso é representado por expressões tipo 7k4 (Joga 7 dados e pega 4). Soma-se os resultados e precisa ultrapassar dificuldades que geralmente são múltiplas de 5. Simples, fácil, e elegante. Só existe um porem, se tirar um ou mais 10, você poderá repetir os dados e somar, se tirar outros 10, repete e soma novamente, até não tirar mais 10. Isso deixa o sistema bem mortal, sempre havendo uma possibilidade de um soldado capenga ser capaz de atingir e ferir mortalmente um jogador (mas o lado contrário também acontece, podendo os personagens derrotarem grandes desafios pela sorte).

Mas a da primeira é imbativél!

Por fim, a quarta edição é um dos livros que possuem a mais bela arte que já vi em um RPG. Em qualquer parte que você abrir o livro você encontrará uma ilustração, sempre relacionadas ao texto, e sempre coloridas, e sempre de altíssima qualidade. Algumas ocupam uma página e parte da página vizinha, formando assim o livro mais bonito que já vi.

É claro que nem tudo é perfeito, e o principal problema de Legend of Five Rings é que o cenário do RPG compartilha com o cenário do Card Game de mesmo nome. Então cada expansão e edição do Card, significa um avanço na história original, e sempre de acordo com o que ocorre nos campeonatos mundiais do jogo. Então, se aquele clã pequeno, foi utilizado para ganhar o tornei do card, ele consecutivamente ganhará uma certa importância no cenário nas próximas edições do card, e junto com isso nas próximas edições do RPG. Isso é um problema relativo. Se você gosta de como o cenário está não precisa atualiza-lo para a nova história (que geralmente vem com salto de tempo de décadas até um século). Mas e se a regra nova for boa? E ela estiver atrelada a nova época, e você quiser jogar na época antiga?

É claro que esse problema não é tão grave como pode ter parecido, e geralmente todas as épocas são interessantes de serem jogadas, principalmente nos períodos de transições, onde muitas mudanças podem ocorrer, e tramas contra o império ocorrem por todo o lado. O maior problema são para os saudosistas (pera ai, não existia esse clã da aranha quando eu joguei!)

Uma resposta to “Desafio RPG – Dia 13”

  1. […] um RPG fantástico, que já apareceu aqui no desafio. Mas não julgue um RPG pela capa, a capa da quarta edição não é a melhor capa. A melhor capa […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: