Capitulo 2 – O Filho das Estrelas (Parte 4)


Sem mais delongas vejam um novo episódio de “peso”.

… ANTERIORMENTE

A gravidade começa a aumentar, i.e. o modulo começa a girar cada vez mais rápido, aumentando a gravidade artificial. A câmera como um todo também se estendida, se afastando do centro da nave, aumentando assim o raio de giro impedindo que eu sofresse de náuseas durante minha estadia.

Os Filhos de Gliese – Capitulo 2: O Filho das Estrelas (Parte 4)

No inicio é como se sofresse um pequeno impacto, como se o peso de toda a água de uma piscina caísse continuamente sobre mim sobre mim. Depois começa o pior, a aceleração lenta, essa começa a exigir de todo o organismo, forçando cada músculo ao menor movimento, aumentando a pressão do ar, fazendo com que o sangue nas veias se tornasse uma bomba interna.

Tudo isso parecia com que o mundo fosse desabar sobre mim, mas eu resistia, o corpo começava a se adaptar, a força extra, necessária para o deslocamento realizado pelos músculos, ainda eram um fardo, mas eu começava a realizar os primeiros exercícios de aquecimento, para depois começar a verdadeiros exercícios atléticos.

Nos momentos de descansos a leitura ou cinema eram meus companheiros, inicialmente uma leitura ou filme divertido, depois começava a estudar alguma das ciências necessárias para missão, e antes de voltar aos exercícios um pouco mais de relaxamento para continuar e agüentar a pesada rotina. Depois de um tempo o desejo sexual também se aflorou, e foi resolvido com uso moderado de sistemas de realidade virtual, o mesmo sistema que a tripulação anterior também usava.

Mamãe sempre disse que teria que estudar e treinar bastante, o suficiente para conseguir sobreviver sozinho e em qualquer ambiente, o suficiente para suprir de alguma maneira a falta de toda uma tripulação. Inicialmente foram disciplinas como matemática, física, química, biologia, geologia.

As disciplinas que mais gostava era física e matemática, mas as de mais sinto como se tudo me parece bastante estranho. Para que tudo isso? A maior parte nunca havia sentido, e, a não ser que um dos planetas do meu sistema destino tivesse vida, é provável que nunca sentiria experiências equivalentes.

Fermi é o meu tutor, e o pior de tudo é que ele agora me faz estudar muito mais coisas, coisas muito mais avançadas!

Astronomia, bioquímica, física teórica e quântica, engenharia aeroespacial, entre outras disciplinas, estou estudando-as agora que absorvi as bases da ciência. Ás vezes penso que vou enlouquecer.

Pelo menos também tenho outros tipos de treinamento. Tiro ao alvo, luta, corrida e salto, esgrima. Esses me agradam muito mais.

CONTINUA…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: