Como está o atual momento do RPG nacional?


Pois bem, primeiro peço desculpa pelo sumiço, mas estou em conclusão do mestrado e antes trabalho depois RPG.

O Tema de hoje é quase um Meme, onde o Jaime busca retornar de forma mais agradável e significativa a discussão de um tema entre vários blogs. Ele levantou uma analise sobre o mercado nacional de RPG, apresentando um possível renascimento, onde depois de poucos lançamentos teremos dois lançamentos num mesmo evento, Tormenta e o Top Secret. Sem contar as diversas opções gratuitas pela net.

Pois bem, acho que isso tudo é reflexo da digitalização massiva da informação. O que é isso?

Os maiores Jornais do mundo se tornaram virtuais, os maiores RPGs do mundo possuem versões digitais, e a maioria das informações atualizadas em tempo real estão disponíveis na internet e por pequenos geradores de informação (blogs), assim como a maioria dos RPGs indies só se tornam conhecidos pela internet.

O que isso tudo nos diz? Que estamos chegando em uma nova era onde a palavra chave é variedade, variedade essa que é gerada pela internet, e se espalha e cria os novos grandes  nomes também por ela. Para isso basta um pouco de competência e esforço, e muito talento e inovação.

Percebendo isso as grandes empresas começarão a apostar na inovação como uma forma de atrair um publico fiel para si. De que adianta entrar para a onda D&D 4E se daqui a alguns anos surgirá D&D 5E que poderá jogar todo o esforço anterior e acabar com mais uma geração de fãns se tornando um velha geração de saudosistas?

Até a Wizards se utiliza de variedade, lançando um novo cenário por ano para seu aclamado D&D 4E.

Espero que no futuro essa variedade também se reflita em novos jogadores, para isso é claro deve-se manter os antigos e arranjar novas formas de criar novos, como o Dragon Age RPG, que retornou as origens do RPG lançando um belo Box cheio de brinquedos, mesmo se originando em um fantástico RPG Online, também num estilo clássico, sem ser um MMO, e apresentando finais fluidos, dignos apenas de um RPG de mesa.

Essa tendência de variedade é percebida também na mais emergente editora de RPG nacional, a Jambo, publicando material para vários sistemas e sem parar.

E claro, o Top Secret parece ser a chegada da Devir nessa tendência, ou não?

Advertisements

2 Respostas to “Como está o atual momento do RPG nacional?”

  1. Arquimago Says:

    Espero que esteja, assim finalmente poderemos realmente escolher o que desejamos.

    E claro estou esperando retropunk, ela também promete!

  2. Sem propaganda e outras ações as editoras esperam apenas que os jogadores criem novos jogadores (clientes).

    Gilson
    http://rpgpara.blogspot.com/2010/06/cade-propaganda-do-rpg-reflexoes-sobre.html

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: