OMNI: O Inicio de um dia na vida (Parte 1)


O inicio de mais um conto, dessa vez de ficção científica. Espero que gostem.

O Inicio de um dia na vida

Aqui estou eu novamente, no inicio da minha vida.

Acordo lentamente da minha cama. Uma cama grande e acolchoada, estou coberto por um lençol quase desnecessário, a não ser para estimular a pele com uma sensação de segurança, ele se adapta as reações do meu corpo, ele sente o meu conforto.

Levanto da cama, o quarto está confortável, sempre está. O chão está com um frio agradável, e o ar perfeito, ele controla a temperatura ideal. O que não se ajusta a nossos desejos hoje em dia?

Tudo está certo, o que me parece errado. O quarto praticamente se transforma em uma sala, a cama se recosta, e a mesa serve para todos os meus trabalhos e muito mais. Espaço não é problema. Espaço nunca é o problema.

Decido qual é a refeição entre as pré-preparadas, descongelar, fritar, cozinhar são atividades que nunca realizei, sei que ela são feitas, que os alimentos mantidos em perfeito estado de conservação, são descongelados, pré-cozidos, misturados e finalizados de cozinhar. Tudo na mesma quantidade de sempre. O que não é automático nos dias de hoje?

Abro a janela, a treliça metálica se retrai, deixando o vidro receber toda a carga de radiação que o espaço possui, se ajustando para permitir a passagem apenas da parte que podemos apreciar em segurança. Enquanto como, vejo passando rapidamente de forma anômala as incontáveis estrelas e galáxias, infinitos pontos onde cada um deveria representar pelo menos uma civilização, e hoje apenas algumas existem. Pergunto-me o porquê disso.

Devo iniciar o meu trabalho, não faço por que preciso, ou por que sou importante, mas por que é culturalmente recomendável e sugerido ter uma atividade funcional. O vidro se transforma em monitor, listo todos os principais canais de comunicação de cada espécie da União Universal. Uma miríade de sinais de todos os tipos, sons e imagens, radiações, que originalmente estão fora do espectro visível para mim, são re-mapeadas para minha visão, e até ondulações táteis podem ser provadas.

Anúncios

4 Respostas to “OMNI: O Inicio de um dia na vida (Parte 1)”

  1. Um conto filosófico? Sobre o futuro?

    Interessante! Acho que sai do tema que você quer 😉

  2. […] OMNI: O Inicio de um dia na vida (Parte 1) […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: