O Poder da marca e da propaganda!


Mais um comentário (em resposta mais uma vez de um artigo do Lote do betão) que vira um post.

Quanto a preferência pela coca-cola é um caso clássico de propaganda. A própria coca-cola ia se estrupiando por causa dela mesmo.

coke-murderSenta que lá vem a história!

Há muito tempo atrás (1985), foi feita uma pesquisa nos EUA pela Pepsi, de conssumidores entre que bebiam a Pepsi e a coca sem saber o que cada uma era, e escolhendo finalmente a Pepsi. Isso abalou os consumidores e a Coca respondeu com a Nova Coca. Quando mudaram de gosto sem avisar, os clientes se sentiram traídos, preferindo o antigo! A Coca-cola então voltou atrás com o gosto antigo após 77 dias de tentativa!

Peguem os Emos!

Peguem os Emos!

E Kiko?

O D&D 3.5 antes de ser abandonado pela wizards, o sistema recebeu muitas criticas da própria wizards. Entre eles os mais clássicos são: lento, só funciona do 7-10 nível, desequilíbrio das classes… Então a Wizards desconstruiu sua marca, fazendo uma propaganda negativa, para poder lançar a nova, sugerindo que concertaria o sistema e os defeitos da edição anterior.

Se o sistema ficou com essas vantagens não sei, mas a maior diferença que senti foi no estilo do jogo. Todas as classes são uma espécie de conjuradoras. Para eliminar itens mágicos que aumentam atributos os personagens ganham metade de seu nível em bônus nos atributos! Pontos de vida agora são fixos, e o personagens podem se curar sozinhos (mesmo que fazer isso com classes como clérigo seja bem melhor).

mind3

Fujam colegas!

Pode ter ficado saboroso, mais suave, mais doce. Mas parece ter um gosto mais infantil, mais simplista, mais industrializado (minha opinião).

mind2

Deixa comigo!

Na 3ª Edição, o D&D tentava ser mais real (até mesmo mais que suas edições anteriores), liberando para todas as raças aquilo que deveria ser apenas treinamento (classes), permitindo que os personagens mudassem de profissão no meio do jogo – Conan foi bárbaro, ladrão, pirata, comandante, mercenário e até Rei!

Concluindo

É claro que tudo é questão de gosto. Se você gostou pode comprar. Mas eu não gostei do novo gosto, e só por que seu marketing é avassalador, não comprarei se não gostar. Que foi meu caso.

Joguem o que quiserem (OD&D,AD&D, D&D 3.0, D&D 3.5, D&D 4) mas tenham certeza que estão fazendo isso por diversão.

Obs: E eu ainda quero GURPS?

Advertisements

5 Respostas to “O Poder da marca e da propaganda!”

  1. Olá!
    Eu ainda quero GURPS! D&D que morra! 😄

    Até and Bye…

  2. Eu ainda quero GURPS!

  3. 😀 kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. Eu quero GURPS! D&D que morra! [2]

  5. tavernadoleo Says:

    Eu prefiro GURPS, mas posso jogar D&D 3.5 sem problema, vida longa e próspera aos dois sistemas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: