Casos do RPG: Ordem do Graveto Vs. Nibelung Vs. Rede RPG


cavt-1-rederpg

AVISO: Artigo Muito Grande.

Há mais de um ano atrás o famoso portal Rede RPG anunciou a publicação das famosas tirinhas da “Ordem do Graveto” (The Order of Stick) em suas páginas, traduzidas pelo sempre disposto Nibelung. As tirinhas são hilárias e começaram com a adaptação dos personagens do D&D para a terceira edição de forma bizarra e engraçada. Infelizmente a adaptação desses personagens da 3ª Edição do D&D para a 4ª Edição seria ainda mais engraçadas, mas não será feita a principio.

O problema começou quando alguém perguntou sobre a legalidade dessa publicação por outro RPGista para o responsável pelo Rede RPG, Marcelo Telles.

Após muita confusão chegou-se a conclusão que não teria nenhum direito de publicação. O Valberto comentou sobre isso em duas matérias: Grande portal de rpg brasileiro envolvido em pirataria. e O caso do Portal envolvido com pirataria chega a um desfecho. Nelas estão na integra algumas das palavras ditas pelos envolvidos. O próprio Nibelung comentou sobre isso: 168 – Acabando vazia (veja nos comentários).

Vamos apresentar os fatos:

1) Segundo o Marcelo Telles, a principio: “ao que me consta, o Nibelung recebeu autorização do autor para publicar em português, desde que fosse sem fins lucrativos e dado os devidos créditos.” e “Contudo, fique à vontade para entrar em contato com ele (Nibelung) e confirmar a informação.” e “mas o Nibelung é um excelente usuário e eu não tenho motivo para duvidar da palavra dele”.

2) Alguém então foi até o próprio fórum do portal onde as tirinhas são publicadas e perguntaram sobre o caso esperando resposta do Rich Burlew, criador das tirinhas.

3) O próprio Nibelung não tinha certeza da legalidade de seu ato, e entendeu que poderia traduzir de acordo com o FAQ de oots, segundo ele, no forum do Giant, a sua resposta para o telles foi: “Eu disse para Marcelo Telles que o Giant (Site onde é publicada a tirinha original) não é contra ou a favor das traduções de fans“. Mas de acordo com a duvida, no mesmo post, se prontificou a pedir a remoção de todas as tirinhas com um simples e curto “stop it now” do Rich.

4) Logo em seguida o Rich disse:  “stop it now”. (Pare isso agora).

É claro que ele falou os motivos, algo como o direito de salvaguardar seu trabalho, e permitir que alguém o faça sem o devido contrato pode gerar o ganho de terceiros, e a inviabilização da produção da mesma de forma oficial, já que nenhuma editora se interessaria por publicar um material já disponível gratuitamente na internet.

6) Parece que nos bastidores ocorreram várias discussões com possíveis acusações, etc. Não participei delas, mas os vários artigos pela internet confirmam que ouve um arranca rabo. ex: O maior Portal de RPG do Brasil!Grande portal de rpg brasileiro envolvido em pirataria.

5) Não sei mais o que aconteceu nos bastidores, mas diante dos novos fatos o Marcelo Telles disse:

Saudações…conseguiram um retorno do Rich Bulew (não há nenhum e-mail ou link para contato no site).

Recebi uma mensagem do Nibelung, o que me poupou trabalho, após ele mesmo ter postado lá no tópico no fórum do site do The Order of The Stick:

que recebeu a seguinte mensagem do Nibelung:

Sendo rápido e sucinto: O Rich Burlew se postou oficialmente contra a minha edição de tirinhas, então infelizmente vou ter que te pedir pra remover elas do site.
http://www.giantitp.com/forums/showpost.php?p=3694502&postcount=29
Mea culpa, eu sei. Eu interpretei o texto dele de forma errônea, e pelo menos ele foi educado o suficiente pra me esclarecer isso. Lamento pela propaganda que tu teve que fazer no site, mas realmente eu acreditei que não havia problemas no acontecido.
Abraços.

e:

Em vista desses fatos, as tiras publicadas serão retiradas e iremos parar a publicação das mesmas.

Grato pela atenção.

6) O Telles disse em privado ao Nibelung:

“É, Nibelung, você errou ao interpretar o FAQ dele e eu em não confirmar se realmente podia. Paciência… 😦 “

O Nibelung apresentou isso em um comentário no artigo  O caso do Portal envolvido com pirataria chega a um desfecho, e também mostrou que não gostou da atitude do Telles, dizendo:

“O legal é que em privado ele fica humilde … Aí no aviso público, ele só diz que eu interpretei errado e não falou sobre a responsabilidade que ele teria de perguntar ao Burlew.”

Mas demonstra que voltará a publicar as tirinha:

“Seja como for, eu arrumei uma forma de burlar o Burlão dentro das regras do jogo. AKA: Traduções continuam, e com certeza elas nunca mais vão voltar pra RedeRPG.”

7) Após isso as tirinhas foram retiradas do RedeRPG, Inominatus e do próprio Blog do Nibelung.

8) Após 3 meses o Nibelung então reabriu o Blog e re-inicia as traduções, sobre os motivos falados nos comentários desse post do Nibelung: 168 – Acabando vazia.

Após todos esses “depoimentos”, podemos resumir a situação: Marcelo Telles pediu permissão para o Ninbelung; Ele achou que poderia traduzir sem problema; Nibelung deu permissão pro Telles e disse que não tinha problema; O Telles confiou e  publicou; A duvida sobre a permissão surgiu, e ao perguntar para o Rich, o Rich respondeu que não dava permissão; O Nibelung pediu desculpa e remoção das tirinhas ao Telles; O Telles tirou as tirinhas (Mas não pediu desculpas publicamente).

Para alguns, faltou um pedido de desculpa do telles, não tenho certeza se teve ou não, mas de acordo o Valberto, a mensagem do Telles publicada em O caso do Portal envolvido com pirataria chega a um desfecho isso não ocorreu. O Inominattus é um Blog que também publicou as mesmas tirinhas, e as tirou do ar, não sei se eles sofreram as mesmas criticas que o RedeRPG, mas parece que não. A grande diferença é que a Rede RPG possui comercial, e o Inominattus não.

Infelizmente como o Nibelung continua a publicar as tirinhas sem permissão, ele perde um pouco de credibilidade, e poderia ser processado. De acordo com a legislação de direitos autorais, copyright ou © encontrado na parte de baixo das tirinhas, sob o qual as tirinhas estão sujeitas, a pena prevista seria: (segundo a lei 10.610/1998 ) todas as tirinhas que ele traduz ficariam sob posse do Rich e remoção das tirinhas do site e (segundo a  lei 10.695/2003) detenção de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. Não faço idéia quais são os preceitos da reclusão, nem da multa.

A Rede RPG também poderia ser processada por ter publicado o material, no caso dela, como pode ter tido um “lucro” em cima delas, teria pena prevista: (segundo a lei 10.610/1998 ) O quanto de lucro as tirinhas deram para ele, ou caso não se saiba isso o equivalente a 3.000 exemplares e (segundo a  lei 10.695/2003) reclusão, 2 (dois) anos a 4 (quatro) anos, e multa. No caso eu faria o calculo em torno de quanto aumentou a audiência da Rede e o proporcional disso do que ela conseguiu com venda e comercial de produtos no site durante o período de publicação ou de quanto em publicidade o site ganharia caso tivesse 3.000 visitantes por tirinha.  Não faço idéia quais são os preceitos da reclusão, nem da multa. Também não sei se  a alegação de ignorancia da não permissão teria impacto, ou se é de responsabilidade da Rede RPG procurar a autorização não só do tradutor, mas do autor original.

Isso tudo se a legislação do EUA for recíproca.

Mas no caso o Rich cobrou apenas a retirada das tirinhas, não exigindo nenhuma reparação de lucros. Mas caso as publicações continuassem, ele disse: “expect an email from Mr. Jones and Mr. Rodriguez.”

Sobre os possíveis pedidos de desculpas não faço a mínima idéia se é necessária, mas como somos todos cavalheiros, os dois deveriam pedir desculpas ao Rich, e quem deveria exigir seria o Rich. O Nibelung já pediu, mas continua a publicar, parece faltar a Rede RPG pedir desculpas, mas pelo menos não publica mais.

Minha opinião: Niguém saiu limpo da história.

Não sou juiz, nem advogado, nem a favor de nenhuma parte, mas gostaria da opinião de vocês sobre o ocorrido.

Advertisements

18 Respostas to “Casos do RPG: Ordem do Graveto Vs. Nibelung Vs. Rede RPG”

  1. Qual é o sentido em ficar comentando uma picuinha dessas? Pra mim só ficou exposto o mal-entendido entre as partes e a má-intenção do Nibelung em continuar a publicar tirinhas traduzidas, mesmo quando o próprio Rich já disse que isso não pode ocorrer.
    Em um desses posts do Valberto, encontrei uma frase bem interessante do Telles.
    “Sim, Eduardo, ao que me consta, o Nibelung recebeu autorização do autor para publicar em português, desde que fosse sem fins lucrativos e dado os devidos créditos. Como todo material colocado no Portal é gratuito, logo resolvemos divulgar o belo trabalho de tradução do Nibe dessa tira fantástica! (…)”
    Não duvido nada que para o Nibelung isso fosse hobby, mas o engraçado é que a RedeRPG ganha mais acessos, o que valoriza a propaganda exibida no site e conseqüentemente aumenta a renda. Ou seja, há dinheiro envolvido SIM, e a chave para isso são os trabalhos do Rich Burlew.

    • É exatamente expor os fatos tentando ser neutro, apresentando a história. O tópico estava guardado como rascunho, até que vi dois blogs comentando sobre as tirinhas, então resolvi postar. Obrigado por comentar.

  2. Eu sou muito preocupado com relação ao que é publicado no zbcast, tanto sempre procuro eu mesmo criar o texto das minhas postagens no blog, agora quanto em questão a imagens e desenhos que as vezes posto, bom .. não tem como saber quem é o seu autor, afinal o google não mostra!heehe!
    Mas não sou afavor de pirataria não, ainda mais quando se pretende trablhar correto e com credibilidade do público, mas acho que o nibelung não fez com uma intenção ruim, mas apenas mesmo de divertir as rpgistas com a tradução das tirinhas, que convenhamos são muito engraçadas mesmo, e eu ri muito ao ler elas, e ele foi bem honesto em pedir desculpas, mas agora pelo fato de ele continuar ainda com as traduções hoje em dia, bom… ele deve deve ter seus motivos, mas nem por isso vou tirar a credibilidade dele, quanto a redeRPG nisso tudo, ela como um grande portal pensou mais na imagem claro, como qualquer empresário faria com a sua empresa e também deve ter seus motivos claros. bom … essa é a minha opinião sobre isso, sou afavor de material de autoria própria.

  3. Nao vi motivos mesmo pra ressuscitar esse topico. Sempre que me perguntam eu digo em alto e bom som que eu traduzo sem autorizaçao. Em troca, eu paguei um dominio do proprio bolso, e nao coloquei nenhum metodo de monetizaçao no site.

    Alem do que, se o Burlew começar a processar mundo afora, ele vai ter um peixe BEM maior do que eu pra pescar primeiro: http://oots.cz/main.php?item=1

    • Uma coisa é certa, as seqüelas que ocorreram devem ser sentidas até hoje, só quis tentar ser neutro e apresentar os fatos. Se tiver alguma coisa errada pode me ajudar a esclarecer que altero na matéria. Realmente o cara pirateou 100% o OOTS.

  4. Na real pra mim não tem sequela nenhuma nisso. A gente publicava as tirinhas com o intuito de divulgar o trampo do Nibe que é muuuito bom, e a parceria continua agora com a Flipside. Quando ele pediu espaço, estavamos ali.

    Inclusive, ofereci pra ele publicar as OOTS lá também, porque a gente não ganha nem perde nada com o site, tampouco o Nibe ganha qualquer coisa traduzindo. No fim, só serviu pra gente saber que o Rich Burlão é um mala haohao

    • Eu, sei, o Inominatus não possui addsense ou coisa do tipo, ou seja, não ganha nada, nem perde, só estava “divulgando” o material do Ninbelung.

  5. Nao, nao. Nada ai foi apresentado errado. So achei estranho mesmo essa ressurreiçao depois de quase um ano. O lado bom é que deu alguma audiencia pro meu site. O lado ruim é que essa audiencia veio quando o site pegou uma recessao devido ao meu PC ter fritado 🙂

  6. Meu grande problema com a situação é que enquanto o CF e o Tek estavam alertando o Telles, eles eram agitadores, macacos de torcida. Depois que ele, o Telles, deu uma de Lula tirando o dele da reta, colocando tudo nas costas do Nibe (eu não sabia que o Nibe não tinha autorização) nada dele pedir desculpas para quem alertou. Uma lindeza hein?

  7. no final, ficou o dito pelo não dito?
    Bom saber o que aconteceu, e novamente os RPGistas se veem em picuinhas…

  8. O grande paspalho é o Burlew mesmo. Ele devia era agradecer a propaganda. Sim, propaganda, porque a pessoa pode não conhecer, ler o que tem em português e querer continuar e ir pro site em inglês (como eu fiz com o Flipside). Ou será que ele planeja publicar de forma “oficial” em português? Americano é um bicho torto, mesmo.

  9. Me chamem de paranoico, mas o x9 voltou. Sera que tem alguma relaçao com essa chamada?

  10. caramba, que chato esse lance.

  11. […] uma simpatia que eu pensava ser impossível entre autores de tiras publicadas na net (quem sabe do imbróglio envolvendo o autor da Order of Stick, sabe do que eu estou […]

  12. Achei bom o post, acho importante fazer um resumo de forma neutra do que aconteceu. Coisas boas surgem de coisas assim. Parabéns, conseguiu resumir uma situação chata de forma neutra e de forma resumida.
    Fico triste mas bza, e parabéns ao tradutor as tiras ficaram ótimas em PT e ao criador, elas são sensacionais.

  13. […] uma simpatia que eu pensava ser impossível entre autores de tiras publicadas na net (quem sabe do imbróglio envolvendo o autor da Order of Stick, sabe do que eu estou […]

  14. […] mais famosa e controversa webcomics para os RPGistas é The Order of Stick, que já comentei aqui, que infelizmente ainda não comecei a ler pra valer. Não sei exatamente […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: