Tavernas mais do que exóticas – Parte 1


Uma matéria do Nume no .20 me lembrou que tinha escrito a um tempo atrás árias tavernas bem exóticas. Eram no total 10 tavernas, e irei publicá-las aos poucos aqui. Vale apena conferir uma matéria do Blog Aldertoron, com 7 tavernas legais e detalhadas para uso imediato.

Quer um pouco?

Quer um pouco?

Espero que gostem.

Taverna das 1000 bebidas

Localização: Capital de Renja

Bebidas: Praticamente todas.

Comida: Assados em geral.

Mesas: 25

Atendimento: Cordanus, Adele, Lume e Veneri.

Acomodações:

Preço dos produtos: Especial

Esta taverna foi fundada pelo bêbado mais sóbrio já encontrado, Cordanus, um bêbado capaz de fabricar bebida mesmo estando bêbado. O inicio de seu empreendimento foi um fiasco, até desenvolver um sistema de fabricação de bebidas mais rápido que ele conseguia beber. Suas bebidas são muito boas, mas o grande sucesso (e perdição) de sua taverna não é nada disso, é a eterna promoção que ele patrocina: “Traga uma bebida e ganhe outra!”, como diz a placa na frente do seu estabelecimento.

Seu estabelecimento só aceita como pagamento de bebidas outras bebidas, onde acaba lucrando apenas com a venda de comida pelo chefe Gorbaleno, cozinheiro gordo de mão cheia, sempre carregando montes de comida e colocando dentro de seu forno especializado em carnes a moda do javali (animais preparados inteiros no fogo do forno).

Assim Cordanus obteve um acervo de bebidas maiores do mundo, cujos barris e odres cercam todo seu estabelecimento, mas devidamente lacrados e catalogados contra os ladrões mais astuciosos e bêbados que possam vir a afanar suas preciosidades.

Cordanus também aprendeu a desenvolver bebidas a partir das que recebeu, bastando tomar poucos goles para ser capaz de fabricar uma bebida extremamente semelhante à recebida. Dois fatores atrapalham seu negocio é claro, o tempo e bebidas mágicas. Por isso, magos que possam acelerar a idade das bebidas, ou encantá-las sempre são bem vindos para beber de graça, dês que suas magias funcionem e não estrague a bebida.

Adele e Lume são duas jovens atraentes que atendem no estabelecimento, mas um pouco mal humoradas, pelo menos com aqueles que tentam dar em cima delas, e atrasam o atendimento de qualquer um que faça isso. Veneri é uma velha, encarregada de organizar a taverna e colocar Adele e Lume para trabalhar. Veneri também é bastante fogosa, e dá em cima de todos os homens.

Cordanus vive na própria taverna, no enorme porão junto com a adega, que é iluminada magicamente, e muito bem decorada.

Veja Também:

Diversão na Taverna! (Artigos de RPG do Baú do Tio Nitro)

Uma resposta to “Tavernas mais do que exóticas – Parte 1”

  1. Boooooooooooooooaaaaaaaa!!! Mt duca essa taverna!!! Gostei, gostei msm! Original d+!

    Abçs!

    http://gaiaspriest.blogspot.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: