Anões: Gelo, Pedra, Fogo e Aço!


Após uma semana sem nenhuma matéria apresentamos os vários clãs de anões e suas subespécies, assim como a história das raça comum mais poderosa de D&D.

Anões Glaciais e Um Verme do gelo domado

Os anões surgiram do Sangue de Ymir, o gigante primordial. Assim como Uranos, o primordial cósmico, ele foi morto por seu descendentes. Seu cadáver logo entrou em decomposição e nele vermes gigantes nasceram e começaram a comer sua carne. De dentro de seus ossos, criaturas fortes e selvagens nasceram, os anões, e travaram uma guerra selvagem contra os vermes aos quais eles venceram.

Os anões conseguiram então domar os vermes gigantes, e os utilizaram para diversas atividades, como escavar túneis, guerra e alimentação. Com o passar do tempo quando os anões foram para a superfície, eles tiveram que abandonar parcialmente esse costume, visto que o trabalho em pedra e a guerra se tornou uma arte, e era indigno usar criaturas bestiais como os vermes para realizar suas construções.

Mesmo assim até hoje tribos de anões usam vermes gigantes para tarefas mais rudes, como para escavar túneis, e até para batalhas, sendo um de seus esportes prediletos.

Em seu sangue, os anões possuem o poder dos primordiais. Os dragões quando descobriram isso, e invejosos como são, então os escravizaram, trazendo-os para Heöe, tentando roubar esse poder, sem sucesso.

Dos poucos milhares de anões trazidos para Heöe, eles se tornaram muitos, mais do que os dragões conseguiam controlar, pois as profundas cavernas dos anões eram perigosas armadilhas para os dragões. E se tornaram muitos, mais do que sua sociedade conseguirá agüentar, se dividindo assim em vários clãs.

Então hoje existem várias famílias de anões, a maioria benignos, mas outros malignos: Os mais bem sucedidos foram os Anões das Montanhas, que apesar de estarem divididos em várias cordilheiras são considerados como uma só família. No norte, Anões Glaciais ajudaram aos homens de Ardel a construírem suas grandes fontes termais a mando dos dragões brancos, e nas profundezas os Anões Sombrios não deixaram de seguir os dragões púrpuras. O grande Herói anão gerou uma descendência completa, formando o clã anão de Turimir, ou Anões Turimirianos. Os logos anos de guerra deixaram os salões das montanhas Gunbard, com uma maioria de infantes e viúvas, que então tomaram para si toda a atividade da guerra, gerando o clã das Anões Leões.

Em Heöe existem atualmente pelo menos cinco clãs diferentes de anões, são eles:

Anões das montanhas: Estes anões são os mais comuns, apaixonados pela guerra e pelos trabalhos em metais e pedra. Eles esculpiram e constroem grandes fortalezas nas montanhas, cada vez mais profundamente para enterrar seus descendentes, aos quais rezam como deuses.

Anões da montanha se preparando para guerra

Anões glaciais: Ainda mantém o milenar costume de domar vermes gigantes, principalmente os vermes do gelo. Vivendo por conta própria esses anões podem negociar ou atacar qualquer um seja mortal seja dragão.

.

Um anão descendente de Turimir

Anões Turimirianos: A lenda conta que um dos “mal” do grande Turimir era a luxuria, e por onde passava uma anão era tomada como esposa. Mesmo em vida Turimir chegou a lutar ao lado de algum de seus filhos, e em morte vários ainda estariam para nascer. Essa grande descendência gerou um novo clã, o clã de Turimyr, anões fanfarrões e brigões, os melhores naquilo que fazem.

.

.

Um Anão Leão e sua Anã Leoa

Anões Leões: Esse clã possui em sua maioria mulheres, os anões machos dessa família tiveram que ser preservados e tomaram para sim diversas esposas, assim se formaram família com um macho dominante e várias esposas e filhos. Os costumes desse clã mudaram radicalmente, onde antes os anãos guerreavam agora eram as anãs, sobrando para o anões a tarefa de duelar e preservar seu harém e descendentes. Por isso até hoje são chamados por Anões Leões.

Anões Sombrios

.

Anões das Profundesas (duergar): Estes anões aceitaram plenamente a escravidão dos dragões, principalmente com os dragões púrpuras, e se corromperam totalmente a escuridão, tornando sua pele escura e adepto das profundezas. Todos os outros anões os vêem com desprezo, e ficaram de lado oposto nas guerras dracônicas.

Anúncios

Uma resposta to “Anões: Gelo, Pedra, Fogo e Aço!”

  1. Gostei ……coloca mais artigos como esse

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: