Reinos Infinitos


Para criar o cenário Guerras Dracônicas e preencher o amontoado de terras que criei para os dois grandes continentes do mundo de Heöe fiz um tremendo exercício de criatividade e criei resumidamente 50 reinos!

É claro que boa parte não tem nada mais do que uma frase escrita sobre, e muitas são idéias bizarras que podem simplesmente mudar ou desaparecer no meio do caminho.

Então apresentaremos com calma, apenas 10 deles em cada artigo, afinal muitos ainda estão sem nome e preciso dar um retoque (quem sabe alguns desenhos).

1. Ardel: Em suas construções de grossas paredes no meio do pesado gelo do Vale dos Ventos da morte, o povo semi-bárbaro de Ardel forjam suas armas, festejam suas conquistas e se aquecem contra o frio. Situado entre as barreiras dos ventos a leste, e as grandes colinas a oeste, apenas os homens e mulheres mais fortes e resistentes são capazes de sobreviver ao rigoroso clima, e realizar as grandes viagens, que outrora almejavam a conquista e atualmente prosperam o comércio e campanhas de guerra.

2. Artmor: Uma região devastada onde os Gigantes Abrax formaram suas fortalezas contra o império dracônico, mas após séculos de lutas o império de gigantes caiu, deixando apenas ruínas. Aos poucos, os nômades (única forma de se ter certa liberdade no império dracôniano) encontraram nessas ruínas um lar, e com passar do tempo desenterraram a cultura Abraxianas, principalmente suas armas deixadas para traz. Vistas como grandes relíquias, os homens de Artmor através de rituais conseguiram uma forma de usar as grandes armas deixadas a mercê do tempo, se tornando verdadeiros símbolos de status e poder entre esse povo.

3. Duinath: Essa é a maior floresta de Heöe. Moradia dos elfos Tindorin, que encontraram nela beleza eterna, sua copa é tão densa que seu interior parece uma eterna noite, com pequenas estrelas brilhando em seus “céus”. Antes era o domino de apenas um único dragão verde morto nas primeiras guerras dracônicas. A floresta é dividida entre várias tribos elfícas, existindo até montanhas onde vivem elfos Celebrenfel.

4. Ginfu: Kuran, o  dragão de Jade, domina essa região com sabedoria divina. Antigamente essa região era dividida em pequenos domínios dos dragões serpentes, onde cada domínio desenvolveu uma etnia diferente. A antiga guerra dos dragões serpentes ainda perdura entre as etnias intolerantes entre si, que são mantidas, em relativa paz, por Kuran, como antiga luta dos Sabatous (Povo de cultura similar a japonesa) e Hausin (cultura chinesa).

5. Guardia: Reino devastado a cerca de 60 anos pelo levante dracôniano. Mortos vivos caminham sem rumo por toda a região, restando poucos pontos civilizados, como a capital de Tela. A única força do bem que ainda tenta lutar por essa região são os paladinos do templo das 1000 Armas, onde heróis de todo mundo buscam novas armas para realizar suas missões, em troca de suas armas antigas.

6. Hoffnung: Localizado na grande planície semi-árida de Mirador, os povos humanos se instalaram aqui as margens do rio Hoffnung, e iniciarão uma luta constante contra a decadente raça de homens Hienas (Gnolls). Agora bem estabelecidos, os homens de Hoffnung estabeleceram uma cultura militar forte e nobre de paladinos que montam rinocerontes.

7. Ilhas Centrais: Na intercessão dos continentes Draconorte e Dracosul o oceano da morte se junta com o oceano dragão. Nessa região um arquipélago é formado, chamado de ilhas centrais. As grandes ilhas principais são os “portos seguros” para essa região sem lei, infestada por marinheiros contrabandistas e piratas.

8. Larania (Reino dos anões leões): Há muito tempo durante as primeiras batalhas, quase todos os Anões foram mortos em batalhas, restando alguns poucos como chefes de cada clã. Logo os Anãos se viram no dever de repovoar a raça, adquirindo assim várias esposas, isso mudou completamente a cultura dos anãos como um todo, fazendo com que cada anão tenha seu próprio clã com várias anãs e apenas um anão e lute constantemente contra seus irmãos, onde as Anãs são as grandes guerreiras dessa cultura.

9. Lokrois: Lokrois é o típico reino medieval, a maioria de sua população se encontra próximas a castelos e fortes, protegidas por grandes muralhas, relativamente individuais reinadas sempre por um senhor feudal vassalo do Rei Malager de Lokrois. A única verdadeira cidade é Meruvian localizada nas proximidades das montanhas de fogo, onde se estabeleceu uma grande população devido ao comércio com os anões e o restante do reino e a se localizar em, uma grande ilha fluvial.

10. Tamadur: Localizado no deserto de mesmo nome, esse reino foi fundado na torre que servia de trono para o imperador dragão Tar’Angaradon, chamada de A Torre eterna. Esta torre possui centenas de metros, trespassando as nuvens, possui algumas centenas de metros de diâmetro. Os descendentes dos grandes Heróis aqui se estabeleceram para impedir que outros dragões tivessem acesso aos segredos da torre. Com o tempo a torre foi sendo explorada pelos mortais e assentamentos foram surgindo ao seu redor e no seu interior. O temor da torre no inicio era grande fazendo diversos comerciantes se instalarem em regiões mais distantes, formando assim varias cidades satélites que dão apoio a Cidade da Torre. Agora uma cidade Grande, a Cidade da torre é uma cidade populosa, com muralhas erguidas em torno da torre, que agora serve de porto seguro para as tropas de várias locais, incluindo outros mundos, pois foi descoberto portais dracônicos nela, que permite essa viagem.

4 Respostas to “Reinos Infinitos”

  1. deve ter dado a maior trabalheira criar tudo isso, mas pelo q foi mostrado parece q tá ficando bom.

    vou continuar acompanhando o desenrolar do cenário

  2. Essa parte dos reinos deu um bom trabalho de imaginação, e arrumar os textos nem tanto. O cenário eu venho fazendo a mais de 1 ano, com praticamente nenhuma ajuda, mas aos poucos material interessante vai saindo.

    Obrigado pelo comentário, o primeiro do Blog! Parabéns!

  3. […] Agora vamos a um joguinho: Quem localiza primeiro as 10 regiões descritas no artigo Reinos Infinitos? […]

  4. […] Continuando o terceiro artigo publicado no Blog, apresentamos mais 10 reinos do mundo de Heöe. Agora com o mapa de Heöe, é possível acompanhar cada região/reino em sua localidade e vizinhanças. […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: