SMRB Fase 2: CEN-050 Terras de Abadon


Bem, voltei a resenhar os cenários, pois para quem não sabe faço doutorado e tenho um filho e isso as vezes não deixa espaço para escrever uma virgula aqui. Espero que consiga manter o ritmo daqui pra frente e termine isso antes do fim da votação.

Veja o texto completo no site do concurso, compare com os outros cenário e vote aqui.

E veja as outras resenhas aqui.

CEN-050 Terras de Abadon

Resumo: Uma terrível onda mistica devastou o mundo e destruiu o espaço-tempo criando distorções e portais que amalgamaram locais, objetos e seres.

Para começar esse resumo não diz muita coisa sobre o cenário, parecendo mais a grande peste mágica que ocorreu no cenário de Forgotten Realms.

No inicio do texto após um breve resumo do evento que causou a devastação no mundo, temos uma apresentação que fala como o mundo realmente é caótico, com reinos, raças e tecnologias novas a cada esquina. Mas isso é bem raso e creio que o autor se preocupou muito com tornar esse documento simplificado com cara de oficial.

A segunda parte sobre o cenário começa a dar um gostinho de qual pegada o cenário irá pegar, um cenário mais fantástico, e com alguns elementos interdimensional do planescape, como os portais. Estes são descritos logo em seguida, mostrando que realmente foram inspirados completamente ons portais deste cenário, com portais variando do sempre aberto até o que se abre em um instante ou com uma chave incomum (como uma salsicha) ou um gesto.

Também são inclusos alguns elementos de distorções espaço temperais bem ao estilo sala de treinamento do mestre Karin de Dragon Ball, ou o velho tempo perdido como em futurama. Em seguida outro elemento de pura fantasia foi incluído, o que permite personagens bizarros bem ao estilo dos filmes de Guilherme Deltoro (principalmente o mundo das fadas do segundo Hellboy).

Então somos apresentados as facções, não vou esmiúça-las aqui mas elas são muito baseadas no Planescape, e provando que realmente esse cenário foi influenciado pela Dama da Dor.

As clássicas raças anões e elfos são estigmatizadas, sendo aparentemente difícil jogar com um, elemento que não entendi muito bem onde se em caixa na história.

Outra novidade são modificações nas classes, mostrando que os personagens jogadores provavelmente são filhos de abadon, seres com poderes relacionados a distorção espaço-temporal. Os efeitos são bem impressionantes, mas alguns são bem mais fortes que outros, e alguns podem depender mais da sagacidade do jogador, mas a limitação de uma vez por dia limita bem isso, criando um coringa para os jogadores.

About these ads

4 Respostas para “SMRB Fase 2: CEN-050 Terras de Abadon”

  1. Gostei da Resenha! Vlw Rsemente.
    Realmente acho que me preocupei em deixar “com cara de oficial” só não sei se isso foi bom ou ruim…
    Quanto à semelhança com planescape… confesso: NUNCA LI NEM POR CIMA o Planescape… embora já tenha tido muita vontade pois, como o Terras de Abadon deixa claro, gosto muito do lance de portais e fendas no espaço tempo. Mas, verdade, não tenho a menor ideis de quem é essa Dama da Dor…. rsrsrsrs

    Vlw cara! seu trabalho é massa.

    • cara, tu nunca viu nada de Planescape? nem o jogo Planescape Torment? Seu cenário tem quase 50% de semelhança! Quais foram suas inspirações?

      • rsrsrsrsrs
        Pode crer. Conheço o Planescape de ouvir falar (tb nunca joguei AD&D ou D&D – kkkkk). E conheço o game Torment, que joguei um pouco mas não me encantou…

        As inspirações mais fortes foram o filme Caçadores de Dragões e o filme Cidade das Sombras (Dark City de 1998), pra questão da geografia e aparência do cenário. Os portais foram extraídos de muito canto, é um conceito muito utilizado, filmes como Aprendiz de Feitiçeiro, Matrix, Ladrão de Raios, MIB, etc. todos têm portas que “se abrem para outros mundos”. O mais forte pra mim, a título de inpiração, foi o Labririnto do Fauno, do Guilhermo Del Toro e outros.

  2. Cara D&D é pra quem quer jogar tabuleiro! Jogo chato demais! Eu li o cenário e gostei bastante acho inclusive o melhor de todas aquelas porcarias que estão lá! Pra mim só escapa o seu! Terras de Abandon é intrigante e curtir o lance das facções. A história pode ser contada de várias maneiras e semelhanças são comuns, afinal quem você acha que inventou os Ents, anões ou elfos? Bola pra frente cara que acredito no teu cenário!

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 274 outros seguidores

%d bloggers like this: